SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUINTA-FEIRA, 27 DE JANEIRO DE 2022
ENVELOPAMENTO

Prefeitura de Rio Preto desiste de licitação para novo visual do Trem Caipira

Licitação que previa gastos de até R$ 22.253,00 com o novo envelopamento do veículo foi revogada "por interesse público". Prefeitura diz que conseguiu patrocínio para o serviço

Gabriel Vital
Publicado em 30/11/2021 às 12:15Atualizado em 30/11/2021 às 14:58
Trem Caipira está parado desde o início da pandemia, em março de 2020 (Divulgação/Prefeitura de Rio Preto)

Trem Caipira está parado desde o início da pandemia, em março de 2020 (Divulgação/Prefeitura de Rio Preto)

A Prefeitura de Rio Preto revogou nesta terça-feira, 30, a licitação que previa gastos de até R$ 22.253,00 para o novo envelopamento do Trem Caipira. O prazo para recebimento das propostas no pregão eletrônico, que já havia sido prorrogado por duas vezes, terminaria nesta terça. O valor deveria incluir o serviço de remoção da atual adesivagem, o material e a aplicação do novo envelopamento.

A revogação foi publicada no Diário Oficial do município. Segundo o comunicado, o processo licitatório foi revogado "por interesse público". O pregão estava a cargo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Negócios do Turismo.

Em nota, a Prefeitura informou que secretaria conseguiu patrocínio para o serviço. "A secretaria está preparando a publicação da Chamada Pública para formalizar a parceria, após a pasta negociar patrocínio para execução do trabalho e demais ações referentes ao projeto", afirma.

O Trem Caipira está envelopado desde 2017 com imagens do artista plástico naïf José Antonio da Silva, conhecido como Silva (1909-1996), que viveu em Rio Preto. A licitação atual exigia que o novo envelopamento fosse feito com material com durabilidade mínima de seis anos.

Pelo projeto, o veículo leve sobre trilhos (VLT) abandonaria o visual colorido, característico das obras do artista, para adotar um estilo "clássico", marcado pelas cores marrom, preto e detalhes em amarelo, inspirado em trens de passageiros de fabricação europeia.

Projeto do novo envelopamento do Trem Caipira se inspira em antigos trens de passageiros (Reprodução)

Parado desde março de 2020

O Trem Caipira está parado desde o início da pandemia do coronavírus, em março de 2020. A atração turística consiste em VLT composto por um veículo motriz e um reboque.

O veículo foi comprado em 2008, por R$ 819 mil, com recursos do Ministério do Turismo. Desde então, fez viagens esporádicas até ser inaugurado no final de 2017, quando passou a rodar uma vez por mês, sempre no último domingo. As viagens de Rio Preto ao distrito de Engenheiro Schmitt duram, em média, 45 minutos.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por