SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 16 DE JANEIRO DE 2022
NO CENTRO REGIONAL

Com discurso pró-vacina, parada do orgulho LGBTQIAP+ reúne milhares em Rio Preto

Segundo estimativa da organização, 20 mil pessoas participaram do ato; PM fala em 1.500 participantes

Arthur Pazin e Millena Grigoleti
Publicado em 05/12/2021 às 18:09Atualizado em 06/12/2021 às 11:47
Com discurso pró-vacina, parada do orgulho LGBTQIAP+ 2021 reúne milhares em Rio Preto (Colaboração/Arnaldo Mussi)

Com discurso pró-vacina, parada do orgulho LGBTQIAP+ 2021 reúne milhares em Rio Preto (Colaboração/Arnaldo Mussi)

A Parada LGBTQIAP+, realizada em Rio Preto, reuniu uma multidão neste domingo, 5. A organização estima que 20 mil pessoas participaram do ato. Já a Polícia Militar, que acompanhou e fez a segurança do evento, fala em 1.500 participantes. O evento voltou a ser realizado presencialmente pela primeira vez desde o início da pandemia do coronavírus.

Os participantes se concentraram, a partir do meio-dia, em frente à Prefeitura de Rio Preto, na avenida Alberto Andaló. De lá, seguindo um trio elétrico, eles se dirigiram, após as 15h, ao Centro Regional de Eventos, na Nova Redentora, onde estão acontecendo shows e palestras. 

Com discurso pró-vacina, parada do orgulho LGBTQIAP+ 2021 reúne milhares em Rio Preto (Colaboração/Arnaldo Mussi)

“Além de uma celebração, o evento também é uma manifestação política, de um povo historicamente marginalizado, e sei que os manifestantes terão bom senso, seguindo todos os protocolos sanitários ”, disse ao Diário Carlos Ricceli, que está à frente do evento desde 2019.

O tema da Parada neste ano é “Vacina sim, preconceito não!”. O evento de foi realizado com recursos próprios da organização e contou com o apoio da Prefeitura de Rio Preto. “Está sendo muito importante ser presencial por questões do próprio legislativo da cidade, que em nada favorece a gente, só pensam em ideologia retrógrada", afirmou o organizador.

Com discurso pró-vacina, parada do orgulho LGBTQIAP+ 2021 reúne milhares em Rio Preto (Colaboração/Arnaldo Mussi)

A equipe do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) também esteve presente no local para conversar com as pessoas e realizar testes de infecções sexualmente transmissíveis.

Além das atrações artísticas, como shows de drag queens e apresentações de DJ’s, o evento levou ao palco, montado no estacionamento, ativistas ligados à causa.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por