SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 04 DE DEZEMBRO DE 2021
SIRVA-SE

Conheça a curiosa tradição do Nhoque da Fortuna

Nhoque da Fortuna: conheça a tradição que diz que comer nhoque no dia 29 pode trazer prosperidade. Aprenda também duas receitas deliciosas

Francine Moreno
Publicado em 25/11/2021 às 22:06Atualizado em 25/11/2021 às 22:13

Você conhece o Nhoque da Fortuna? A tradição italiana é feita todo dia 29 de cada mês e tem como intuito atrair boa sorte, fartura e dinheiro para o seu bolso. Para cair nas boas graças do destino, o ritual é simples: preparar uma receita de nhoque saborosa, servir o prato, colocar uma quantia de dinheiro ou moeda embaixo do prato e consumir as sete primeiras bolinhas com pensamento positivo. Algumas pessoas comem os primeiros sete pedacinhos de nhoque em pé. Para garantir a boa sorte, deve-se guardar o dinheiro usado até o dia 29 do mês seguinte.

Quem trouxe a tradição ao Brasil foram as colônias italianas que desembarcaram no país a partir do século 19. A simpatia ligada ao consumo de um dos principais pratos da rica cultura gastronômica deve ainda seguir outros passos. A mesa do jantar deve ter número par de pessoas e a pessoa ainda pode escrever seu desejo para o mês em um bilhete. Neste último caso, ao ingerir o terceiro nhoque, é preciso mentalizar o pedido.

Se a fartura virá ou os pedidos vão ou não ser realizados, é difícil de saber. Mas vale a pena preparar o prato em casa. Um alimento simples, barato e acessível, o nhoque é conhecido por sua maciez e facilidade de preparo. Por isso, independente do ritual, comer massa não precisa de muitas desculpas. Ficou interessado? Confira a seguir duas receitas de nhoque com molhos poderosos para preparar na próxima segunda-feira, 29, curtir a data especial com a família e amigos, e atrair dinheiro.

Entenda melhor

Reza a lenda que o santo São Pantaleão bateu na porta de uma casa de um vilarejo da Itália. Maltrapilho e faminto, ele pediu comida. A família numerosa e humilde ofereceu a massa ao desconhecido e aos demais familiares, que foi dividida em sete pedaços. São Pantaleão comeu, agradeceu a acolhida e se foi. A surpresa veio depois do jantar, quando a família foi retirar os pratos da mesa e se deparou com muito dinheiro embaixo do prato. Por isso, todo dia 29 é Dia do Nhoque da Fortuna.

Nhoque de batata recheado com provolone e molho de tomate

Nhoque de batata recheado com provolone da Tirolez

Nhoque de batata recheado com provolone da Tirolez

Ingredientes

Massa

  • 500 g de batata
  • Sal a gosto
  • 2 gemas
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • Noz-moscada
  • 2 xícaras (chá) de queijo provolone cortado em cubos

Para o molho de tomate

  • 2 latas de tomate pelado
  • 2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
  • Sal, pimenta-do-reino e noz-moscada a gosto
  • 1 xícara (chá) de lascas de queijo parmesão
  • Manjericão a gosto para decorar

 Modo de preparo

Cozinhe as batatas inteiras e com a casca em água fervente e abundante com sal. Então, escorra e descasque as batatas. Passe no amassador de batata. Junte as gemas, a farinha de trigo, a noz-moscada e acerte o sal. Tem que ficar fácil de manusear. Se necessário, coloque mais farinha de trigo. Para o molho, coloque as latas de tomate pelado em uma panela com a manteiga. Cozinhe em fogo baixo por 20 minutos. Tempere com sal, pimenta-do-reino e noz-moscada. Pegue a massa de batata e faça alguns bolinhos e recheie com queijo provolone. Cozinhe os nhoques em uma panela com água salgada, fervente e abundante. Quando os nhoques começarem a subir, retire da água e coloque nos pratos. Cubra com o molho de tomate quente e finalize com as lascas de parmesão e as folhas de manjericão por cima.

Fonte: Tirolez

Gnocchi tradicional italiano

Receita servida com muito molho natural no restaurante e pizzaria San Remo

Ingredientes

  • 2 quilos de batata
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 2 gemas
  • 2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado fino
  • 1 pitada de sal
  • 1 fio de azeite extra virgem
  • Farinha de trigo proporcional a batata – ¼ do peso da batata

 Modo de preparo

Separe as batatas e lavando-as bem e mantendo as cascas. Coloque-as em uma panela deixando as maiores embaixo. Cubra com água fria. Leve em fogo alto sem adicionar sal nem o azeite. Quando as batatas estiverem “al dente” retire a água e mantenha-as dentro da panela tampada. Quando as batatas estiverem mornas, descasque-as de preferência manualmente. Coloque-as em um recipiente e adicione e adicione a manteiga, o azeite, o parmesão e o sal e misture até obter uma massa homogênea.

Cubra o recipiente com papel filme e deixe na geladeira por duas horas. Depois acrescente as gemas e a farinha de trigo. Em seguida enrole a massa até formar tiras finas. Corte estas tiras com cerca de 2,5 cm de comprimento, transformando-as em bolinhas. Para o cozimento, jogue as bolinhas na água fervendo por 2 a 3 minutos. Atenção: não use escorredores para retirar a água. Utilize escumadeiras ou peneiras para retirar as bolinhas. Acrescente o molho e polvilhe com queijo parmesão

 Dica: prepare seu gnocchi na hora e utilize molho de tomate natural, de preferência um bem espesso, pois parte da água da massa acabará sendo absorvida por ele.

 Fonte: Mário José Ferreira da Silva, gerente geral do restaurante e pizzaria San Remo

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por