SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 05 DE DEZEMBRO DE 2021
TURISMO

Culinária indígena

Opções de restaurantes para provar pratos que resgatam nossas raízes e tradições

Núcleo Digital
Publicado em 21/11/2021 às 17:31Atualizado em 22/11/2021 às 14:45

Você tem uma avó italiana ou um avô português? Caso não tenha, certamente já ouviu alguém falar sobre suas descendências europeias. A formação do Brasil se deu através do contato com diferentes culturas, mas a influência europeia na cultura brasileira é a que mais se destaca. A mesa dos brasileiros, por exemplo, é marcada pela interferência da colonização europeia há mais de cinco séculos. Contudo, não é somente ela que deve ser exaltada em nossos pratos. A culinária indígena, assim como seus ingredientes da terra brasileira, nem sempre tiveram o seu devido protagonismo na alimentação de grande parte da população. Para mudar essa situação devemos buscar reconexão e resgatar nossas raízes e tradições através desses alimentos cultivados pelos nossos povos originários. A mandioca, os frutos da floresta, peixes, especiarias e oleaginosas são alguns desses ricos sabores. Com a finalidade de enaltecer essas iguarias, separamos alguns dos restaurantes do Brasil que oferecem pratos tradicionais do cotidiano de algumas etnias indígenas. Confira a seguir! (Colaborou Emanuelle Cristina)

Caxiri Amazônia

Caldinho de cogumelo Yanomami servido no Caxiri Amazônia

Caldinho de cogumelo Yanomami servido no Caxiri Amazônia

O Caxiri Amazônia brinda os paladares de locais e visitantes com a abundância dos sabores amazônicos e brasileiros. Localizado num casarão histórico, ao lado do Teatro Amazonas, no Centro de Manaus, é comandado pela chef Debora Shornik, uma agregadora na região. Ela é quem escolhe o melhor dos ingredientes das comunidades da floresta, para a cozinha do restaurante. Entre os pratos de origem indígena, destaca-se o caldinho de cogumelo Yanomami preparado com banana, macaxeira e queijo coalho.

 

Casa Tucupi

Arroz Dona Flor e seus dois maridos servido na Casa Tucupi

Em São Paulo, você não pode deixar de conhecer a Casa Tucupi. Um espaço que serve comida nortista com tempero acreano. Todos os pratos são feitos com ingredientes típicos do Norte e são de referências afetivas. A cozinha está sob o comando de Amanda Vasconcellos, natural de Rio Branco e que tem diversas criações. Dentre elas, o arroz Dona Flor e seus dois maridos que leva barriga de porco, camarões e os tradicionais tucupi e piracuí, este último, uma farinha feita de peixe seco.

 

Peró

Robalo em Crosta de Baru, que leva a farofa de mandioca de Paraty, servido no restaurante Peró

Situado dentro da Pousada do Príncipe, em Paraty, o restaurante tem como proposta a cozinha brasileira, mas com inspiração nas raízes da nossa cultura gastronômica. Como a chef Georgia Joufflineau busca sempre respeitar a sazonalidade do ingrediente e o valor do pequeno produtor agrícola regional, todas as receitas do Peró combinam ingredientes tradicionais da cultura indígena como a mandioca, coco e a banana que são adicionados aos pescados e frutos do mar frescos locais. Vale provar a receita do Robalo em Crosta de Baru, que leva a farofa de mandioca de Paraty, camarão e emulsão de Tucupi.

 

BIATÜWI

Quinhapira, caldo de peixe à base de água servido no Biatüwi

Localizado no centro histórico de Manaus, Biatüwi é a primeira casa a servir exclusivamente pratos indígenas na cidade. Sob o comando de Clarinda Maria Ramos e com consultoria da chef Débora Shornik, do restaurante vizinho Caxiri Amazônia, o cardápio propõe uma imersão na cultura e culinária da etnia Sateré-Mawé e Tukano. O carro-chefe do restaurante é a Quinhapira, um caldo de peixe à base de água, sal e pimenta defumada que pode ser acompanhado de bijú de macaxeira ou bijú da goma da mandioca. Vale ressaltar que essa refeição é oferecida também como boas-vindas aos que visitam as comunidades, na chegada e na partida, como gesto de proteção e acolhimento.

 

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por