SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2021
RIO PRETO

TJ arquiva investigação contra Edinho sobre remédio de alto custo

A determinação judicial estava sendo cumprida, mas durante o processo de licitação para a compra do medicamento – exigido por lei – a paciente veio a óbito

Núcleo DigitalPublicado em 23/07/2021 às 16:49Atualizado há 23/07/2021 às 16:49
Prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (Marcos Morelli/Prefeitura de Rio Preto)

Prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (Marcos Morelli/Prefeitura de Rio Preto)

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo arquivou o procedimento investigatório contra o prefeito Edinho Araújo (MDB) sobre o fornecimento de medicamento de alto custo a paciente em tratamento contra o câncer .

A decisão foi da 4ª Câmara de Direito Criminal do TJ, com votos dos desembargadores Camilo Léllis, Edson Brandão e Roberto Porto, que acataram parecer da Procuradoria Geral do Estado.

O processo já havia sido arquivado na esfera cível e é oriundo de uma decisão judicial que obrigou o município a fornecer um medicamento de alto custo para uma paciente com câncer. A determinação judicial estava sendo cumprida, mas durante o processo de licitação para a compra do medicamento – exigido por lei – a paciente veio a óbito.

Com o arquivamento do processo na esfera Cível, houve uma representação do GADA  com um Termo Circunstanciado ao Tribunal de Justiça, contra o prefeito Edinho Araújo e o secretário da Saúde, Aldenis Borim.

Segundo a decisão do TJ, o procedimento investigatório  não confirmou a  alegada desobediência a ordem judicial, permitindo, assim, a manifestação da Procuradoria Geral de Justiça pelo arquivamento, o que foi acolhido pelos desembargadores.

(Com informações da Prefeitura de Rio Preto)

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por