SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 24 DE SETEMBRO DE 2021
FISCALIZAÇÃO

Prefeitura de Rio Preto retoma radares que ficaram parados na pandemia

A fiscalização e multa por excesso de velocidade com aparelhos estáticos, que podem ser deslocados, estavam suspensas desde março de 2020; lombadas eletrônicas também irão autuar

Francela Pinheiro Publicado em 14/09/2021 às 22:57Atualizado há 15/09/2021 às 08:34
Radar estático usado pela Secretaria de Trânsito do município para multar por excesso de velocidade; dois aparelhos que fazem esse tipo de fiscalização retornam à ruas e avenidas a partir da próxima segunda-feira, 20 (Guilherme Baffi 19/9/2019)

Radar estático usado pela Secretaria de Trânsito do município para multar por excesso de velocidade; dois aparelhos que fazem esse tipo de fiscalização retornam à ruas e avenidas a partir da próxima segunda-feira, 20 (Guilherme Baffi 19/9/2019)

A Prefeitura de Rio Preto vai retomar a fiscalização de excesso de velocidade por radares estáticos (tripé) a partir da segunda-feira, 20. Os dois equipamentos da Secretaria de Trânsito, Transporte e Segurança do município, que operam por meio de rodízio, foram suspensos em 20 de março do ano passado, quando o prefeito Edinho Araújo (MDB) decretou as primeiras medidas de restrições contra o avanço do coronavírus e reconheceu estado de emergência em saúde pública. Nesse período, os aparelhos fixos do município continuaram em atividade.

Na ocasião da suspensão, a previsão do Trânsito era de que a fiscalização dos radares por tripé ficasse suspensa até 15 de abril deste ano. Com a segunda onda de Covid-19, essa previsão se estendeu por mais cinco meses. A decisão sobre o retorno foi anunciada pelo município nesta terça-feira, 14.

Apesar da pandemia de coronavírus ainda estar em vigor, o secretário de Trânsito, Amaury Hernandes, disse que o retorno dos radares estáticos que podem ser deslocados pelas ruas e avenidas, ocorre por conta do fluxo de veículos nas ruas e os consequentes exageros. “A vida voltando ao normal e os condutores abusando da velocidade”, disse Amaury.

O secretário, no entanto, não informou detalhadamente em quais endereços os radares de tripé serão instalados na volta dos equipamentos. “Vamos instalar nas avenidas que existem um maior risco de acidentes”, disse Hernandes.

Lombadas

Na próxima segunda-feira, o Trânsito também colocará oito lombadas eletrônicas em operação. No sentido Centro-bairro, os equipamentos estarão na avenida Juscelino Kubitschek Oliveira, 1080 e rua Saldanha Marinho, 2449. No sentido oposto, estarão nas avenidas Mirassolândia, 1735, dos Estudantes, 3.505 e Danilo Galeazzi, 1658.

As lombadas também estarão nas avenidas Francisco Chagas, 1.333, Benedito Sufredini, 520 e José Silva Sé, 205. Em todos os pontos a velocidade máxima permitida será de 40 km/h.

Fixos

O governo ainda anunciou início de operação de dois novos radares fixos na cidade para fiscalizar velocidades e semáforos. O primeiro equipamento começará a operar a partir da segunda-feira, 20, para multar acima de 60 km/h na avenida Ernani Pires Domingues. Outro ficará na esquina da avenida João Bernardino de Seixas Ribeiro com a rua Pedro Goes, com limite de 50 km/h.

Radares

Cronograma de início

Radares estáticos são aqueles equipamentos móveis que são colocados em tripés em pontos estratégicos do Trânsito para fiscalizar e multar veículos que transitarem acima da velocidade permitida da via

O uso dos dois equipamentos estava suspenso desde 20 de março do ano passado e será retomado na segunda-feira, 20

 Lombadas

As lombadas entraram em funcionamento em oito pontos para fiscalizar velocidade de 40 quilômetros por hora (km/h)

Av. Juscelino K Oliveira, 1080 - C/B, av. Francisco Chagas, 1.333, av. Mirassolândia, 1735 - B/C, av. dos Estudantes, 3.505 – B/C, rua Saldanha Marinho, 2449 – C/B, avenida Danilo Galeazzi, 1658, av. Benedito Sufredini, 520 e av. José Silva Sé, 205

Dois novos radares fixos

Av. Ernani Pires Domingues (60 km/h) e esquina da av. Bernardino de Seixas Ribeiro com a rua Pedro Goes (40 km/h)

Fonte: Prefeitura

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por