SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUINTA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2022
IGREJA

Nomeação de novo bispo abre caminho para criar Arquidiocese de Rio Preto

Dom Moacir, arcebispo de Ribeirão Preto, disse nesta quarta, 19, que projeto para elevar Rio Preto a Arquidiocese está pronto há 5 anos e a escolha de dom Antônio Emídio Vilar para o bispado reinicia processo

Marco Antonio dos Santos
Publicado em 20/01/2022 às 00:06Atualizado em 20/01/2022 às 00:18
'Sou grato a dom Moacir por seu pastoreio como administrador apostólico nesse tempo de sede vacante. Agradeço sua acolhida e amizade comigo, seu zelo paterno com o
clero e sua animação sinodal com o povo'
Dom Antônio Emídio Vilar, novo bispo de Rio Preto (Divulgação)

'Sou grato a dom Moacir por seu pastoreio como administrador apostólico nesse tempo de sede vacante. Agradeço sua acolhida e amizade comigo, seu zelo paterno com o clero e sua animação sinodal com o povo' Dom Antônio Emídio Vilar, novo bispo de Rio Preto (Divulgação)

O Papa Francisco nomeou nesta quarta-feira,19, dom Antônio Emídio Vilar para assumir a Diocese de Rio Preto. Atualmente, ele responde pelo bispado de São João da Boa Vista. Para o arcebispo de Ribeirão Preto, dom Moacir Silva, a escolha do Vaticano é um indicativo de que a Santa Sé está prestes de “destravar” o processo de criação da Arquidiocese de Rio Preto.

O processo de criação da nova arquidiocese está no Vaticano desde 2013. Dom Moacir disse que já deu parecer favorável pela saída das dioceses de Barretos, Catanduva, Jales e Votuporanga de sua coordenação, que passariam a responder pela futura Arquidiocese de Rio Preto. E Ribeirão Preto seguiria com as dioceses de Franca, Jaboticabal e São João da Boa Vista.

“O processo está pronto em Roma e agora vamos aguardar. Quem sabe daqui um tempo, tenhamos a divisão da nossa província eclesiástica, que era o projeto que existia, antes de eu ir para Ribeirão Preto. Quando cheguei, uma das perguntas da Nunciatura Apostólica (embaixada do Vaticano no Brasil) foi se eu estava de acordo com o projeto que foi enviado para Roma. Eu vi a documentação e dei o meu parecer favorável. O projeto era criar o bispado de Votuporanga (o que já ocorreu) e dividir a província. A nomeação é uma sinal de que isso pode acontecer em pouco tempo”, explica o arcebispo.

A nomeação de dom Vilar seria forte indicativo, segundo o arcebispo, porque o Vaticano escolher para Rio Preto, um religioso que tem experiência de ter dirigido suas diocese de São Luiz de Cáceres (MT) e de São João da Boa Vista.

Dom Vilar irá substituir o agora bispo emérito Tomé Ferreira da Silva, que foi levado a se aposentar em agosto do ano passado, após o vazamento de vídeos íntimos dele nas redes sociais, um dos maiores escândalos da Igreja Católica em Rio Preto. Desde então, o cargo tem sido ocupado interinamente por dom Moacir, arcebispo de Ribeirão Preto. O novo bispo vai assumir no dia 19 de março, quando se comemora o Dia de São José e aniversário de Rio Preto.

Apesar de a nomeação de dom Vilar ter sido divulgada pelo Vaticano nesta quarta, Dom Moacir revela que a escolha já tinha sido feita desde dezembro, a partir de uma lista tríplice encaminhada pela Nunciatura Apostólica à Santa Sé. As duas outras opções não são relevadas. Logo em seguida, dom Vilar foi consultado sobre seu interesse na nova função. Os bispos de Barretos, Catanduva, Jales e Votuporanga foram comunicados na terça-feira, 18, um dia antes de a nomeação ser divulgada pelo Vaticano.

Na próxima semana, quatro padres de Rio Preto vão visitar Dom Vilar em São João da Boa Vista para dar as boas vindas e iniciar os preparativos para a posse. A cerimônia será no dia 19 de março, na Catedral de São José.

Novo bispo

Dom Antônio Emídio Vilar

Data de nascimento: 14 de novembro de 1957, em São Sebastião do Paraíso (MG)

Salesiano

Ordenação padre: 9 de agosto de 1986

Nomeação bispo: 23 de julho de 2008, diocese de São Luiz de Cáceres (MT)

Em 28 de setembro de 2016, assume a diocese de São João Batista (SP)

Cargos

Juiz do Tribunal Eclesiástico de Aparecida (1987 – 2008)

Membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB 2011 a 2019

Nome é bem recebido

A escolha de Dom Antônio Emídio Vilar como novo bispo da diocese repercutiu bem entre padres e líderes católicos de Rio Preto. Jaqueline Cavallari, coordenadora diocesana da Renovação Carismática Católica e presidente da Associação Beraká, demonstrou otimismo com a chegada do novo bispo.

"A RCC de São José do Rio Preto acolhe a nomeação de dom Antônio Vilar com grande alegria e certeza da condução do Espírito Santo nesta escolha. Nos colocamos em comunhão com dom Vilar, com nossa oração e espírito de serviço. Já nos sentimos participantes de sua atenção e paternal amor e pastoreio e ficamos muito felizes com sua presença entre nós” afirma a coordenadora.

Da ala progressista da Igreja Católica, Celso Aparecido Cerqueira Barreto , coordenador da Comissão de Paz e Justiça da Diocese, espera que o novo bispo siga a linha do papa Francisco, com mais olhar social.

"Vivemos um momento em que a Igreja é marcada pelo pontificado do papa Francisco. Estamos na expectativa que essa nomeação seja marcada pelo espirito de Francisco. Vai ser uma grande oportunidade de realizar esse espirito profético, diante deste momento, da crise, da pandemia. Para renovar o espirito de nossas comunidades na luta contra a desigualdade”, afirma ele.

Nomeação é considerada ‘rápida’

A posse de dom Antônio Emídio Vilar será no aniversário de Rio Preto, Dia de São José, padroeiro do município. A Santa Sé determina que a cerimônia de ocorra 60 dias após a nomeação. “Aproveito para agradecer ao núncio apostólico que não mediu esforços para fazer avançar o processo da nomeação do novo bispo. Agradeço ao Santo Padre pela solicitude pastoral com a igreja de Rio Preto, num prazo de cinco meses”, diz o arcebispo de Ribeirão Preto.

Para dom Moacir, o fato de o Vaticano ter escolhido um novo bispo em cinco meses, tempo considerado rápido dentro da Igreja Católica, levou em conta a sua necessidade de deixar a administração de Rio Preto para poder voltar a se dedicar à gestão da Arquidiocese de Ribeirão Preto.

Em live realizada na manhã desta quarta pelo Facebook da Diocese de São João da Boa Vista, dom Vilar agradeceu a escolha para o novo cargo. “Ao aceitar a minha nomeação como bispo da Diocese de Rio Preto, sou grato a dom Moacir por seu pastoreio como administrador apostólico nesse tempo de sede vacante. Agradeço sua acolhida e amizade comigo, seu zelo paterno com o clero e sua animação sinodal com o povo, animado de vivo discernimento repleto de sabedoria”.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por