SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 16 DE JANEIRO DE 2022
PANDEMIA

Edinho tira 15 dias de férias e Bolçone assume a Prefeitura de Rio Preto nesta sexta-feira

Prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), vai tirar 15 dias de férias a partir desta sexta-feira e vice estreia no comando do município com cerimônia de posse discreta devido à pandemia

Vinícius Marques
Publicado em 13/01/2022 às 23:27Atualizado em 14/01/2022 às 09:15
Vice-prefeito Orlando Bolçone,durante evento na sede do Executivo, observado pelo prefeito Edinho Araújo, quesai de férias (Divulgação/Prefeitura de Rio Preto)

Vice-prefeito Orlando Bolçone,durante evento na sede do Executivo, observado pelo prefeito Edinho Araújo, quesai de férias (Divulgação/Prefeitura de Rio Preto)

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), entra de férias neste sábado, 15, e transmite o posto de chefe do Executivo ao vice, Orlando Bolçone (DEM), no final da tarde desta sexta,14. Será a primeira vez que o democrata, que há décadas pensa o planejamento da cidade, assume a função.

É também o primeiro afastamento de Edinho do cargo desde o início da pandemia de coronavírus, que teve primeiro caso registrado no município em março de 2020. O emedebista não informou se irá viajar neste período.

A transmissão de cargo está marcada para as 16h em evento que terá presença limitada de pessoas por conta da pandemia. Bolçone convidou apenas quatro familiares: sua mulher, Vanda; o irmão Tioland, a cunhada Odete e o sobrinho André Bolçone Neto. Entre autoridades, o Executivo emitiu convites aos secretários e vereadores. O objetivo é evitar mais de 50 pessoa no local.

Explosão

O prefeito “passa o bastão” ao vice num momento em que Rio Preto, assim como todo o País, vive uma nova onda da pandemia. O município registrou salto no número de casos de Covid-19 por conta do avanço da variante Ômicron, cepa considera de maior transmissão, mas menos letal. A Prefeitura divulgou nesta quinta 4.451 novos casos de Covid-19, totalizando 105.443 infectados desde o início da pandemia.

Segundo nota encaminhada pela assessoria de Edinho ao Diário nesta quinta,13, o vice terá “total liberdade à frente do Executivo”. "O período de férias do prefeito Edinho Araújo será do período de 15 a 30 de janeiro. Neste período, o prefeito em exercício, Orlando Bolçone, terá total liberdade à frente do Executivo, com atenção especial neste momento às ações na área da saúde em função do aumento de casos da Covid. O prefeito Edinho informa ainda que Bolçone é um homem público experiente e goza de sua total confiança”, diz o texto.

Com Borim

Bolçone diz que manterá contato permanente com o secretário de Saúde, Aldenis Borim, e com próprio Edinho para definir eventuais medidas de restrição para conter o avanço da nova onda de coronavírus. Na quarta, 12, o governador João Doria (PSDB), recomendou a prefeitos que reduzam em 30% capacidade de público em eventos com grandes aglomerações.

Por ora, a medida foi descarta por Edinho. Segundo Bolçone, a situação será avaliada dia a dia. “Vamos continuar todas as ações que estão sendo desenvolvidas pelo prefeito. Vai ter um acompanhamento permanente tanto com a Secretaria de Saúde, quanto com outros órgãos envolvidos. Há atenção especial na saúde e também na conversação da cidade por conta desse período de chuva”, disse ele.

O interino afirma ainda que irá consultar, além de Edinho, o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM), que é da região, e também o deputado federal do partido, Geninho Zuliani. “

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por