SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 26 DE OUTUBRO DE 2021
EM RIO PRETO

Edinho lista 42 obras para convencer Câmara a aprovar empréstimo milionário

A lista para convencer os vereadores a autorizar empréstimo de R$ 300 milhões inclui ciclovias, recape, reformas e até ampliação de viaduto

Francela Pinheiro
Publicado em 17/09/2021 às 23:17Atualizado em 18/09/2021 às 14:41
Edinho observa apresentação sobre empreendimentos previstos em empréstimo que aguarda aprovação (Johnny Torres 17/9/2021)

Edinho observa apresentação sobre empreendimentos previstos em empréstimo que aguarda aprovação (Johnny Torres 17/9/2021)

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), apresentou nesta sexta-feira, 17, uma lista de 42 projetos de obras e infraestrutura para convencer os 17 vereadores a aprovar a proposta de lei que tramita no Legislativo para liberar o governo do emedebista a contratar empréstimo de R$ 300 milhões. Edinho fez um apelo ao presidente da Casa, Pedro Roberto (Patriota), para colocar a votação do mérito do projeto na pauta da próxima terça-feira, 21. No entanto, a votação da proposta milionária ficou de fora da pauta da sessão do Legislativo.

A divulgação do planejamento dos recursos ocorreu durante reunião do prefeito com oito vereadores — para ser aprovado, o projeto de lei necessita de 12 votos — secretários e imprensa. A lista foi apresentada após críticas fora e dentro do Legislativo. Segundo o secretário da Fazenda, José Martinho Ravazzi Neto, a Prefeitura buscará o dinheiro em banco oficial (Caixa Econômica ou Banco do Brasil), com juros em torno de 5,6% e com dez anos de prazo para pagamento.

O pacote inclui duplicações de avenidas, como a Ernani Pires Domingues, interligações, como a ligação entre a Washington Luís (SP-310) e a BR-153 pela avenida Francisco Chagas, orçada em R$ 50 milhões e recapeamento e revitalização da avenida Murchid Homsi, por exemplo. A lista ainda prevê novas e obras e drenagem. A relação apresentada nesta sexta soma R$ 205 milhões.

A ampliação de mais uma pista para o viaduto Abreu Sodré, por R$ 18 milhões, também foi incluída. Na lista das reformas, o prefeito elencou o Bosque Municipal (R$ 10 milhões), o complexo esportivo do Natalone (R$ 20 milhões) , a Biblioteca Municipal, a praça Dom José Marcondes, no Centro, e o velório da Ressurreição.

Os R$ 300 milhões, segundo o prefeito, também serão utilizados para iluminação de LED, vigilância por câmeras, reflorestamento, desapropriações e inspeções de pontes e viadutos. “Estamos tratando de futuro, querendo olhar para o amanhã. O documento que eu preciso da Câmara é o mais importante, que é a lei”, disse.

Ravazzi acrescentou: “Temos hoje, basicamente, um quinto do que poderíamos contratar. Teríamos capacidade de contratar essa nova operação como de pagar as outras negociações”. O secretário de Obras, Israel Cestari, defendeu o empréstimo como investimento. “Nenhuma empresa chega se não tiver infraestrutura. Temos também a questão dos prédios públicos que trazem investimentos a saúde”, afirmou. Segundo Cestari, 40% da lista têm projetos prontos, como a do Bosque, Natalone e drenagens. A lista estima obras até o final do mandato, em 2024.

Projeto fora de pauta

O projeto de lei que autoriza o prefeito Edinho Araújo (MDB) a tomar empréstimo de R$ 300 milhões ficou fora da pauta da próxima sessão da Câmara, na terça-feira, 21. O presidente da Casa, Pedro Roberto (Patriota), participou da apresentação de Edinho nesta sexta-feira, 17, e no final do dia informou que a proposta não está apta para ser votada no mérito – a legalidade do projeto já foi aprovada.

"Visto que atualmente se encontra na Comissão de Finanças, sendo necessário manifestação de dois integrantes, assim como, da maioria dos líderes partidários que integram a Comissão de Concessões, Privatizações e Permissões, Convênios e Parcerias”, afirmou por nota.

A resposta não atendeu o pedido de Edinho feito horas antes: "Gostaria muito que a Câmara desse documento que eu preciso e depois vamos procurar o melhor para Rio preto. Ficaria muito satisfeito se você (presidente) pudesse colocar na ordem do dia da próxima terça-feira (21)”, pediu Edinho. (FP)

Relação de obras apresentadas

1 – Reforma do Bosque* – R$ 10 milhões

2 – Reforma do Natalone (complexo esportivo) – R$ 20 milhões

3 – Castelinho 3 – pavimentação, drenagem, passarela e ciclovia – R$ 6,3 milhões

4 – Brejo Alegre – passagem sob trilhos – R$ 3,3 milhões

5 – Viaduto Abreu Sodré – ampliação – R$ 18 milhões

6 – Avenida Ernani Pires Domingues – duplicação e ciclovia

7 – Alargamento ponte Represa Municipal (entre lagos 1 e 2) – R$ 4,8 milhões

8 – Avenida Murchid Homsi – drenagem, ciclovia e revitalização – R$ 36 milhões

9 – São Marco e Cidade Jardim – córregos – R$ 26 milhões

10 – Ciclovias – ampliação em oito pontos

11 – Recape

12 – Interligação da Washington Luís à BR-153 – pela avenida Francisco Chagas – R$ 50 milhões

13 – Avenida Anísio Haddad – rotatória Harmonia – R$ 3 milhões

14 – Avenida Nadima Damha – rotatórias – R$ 7 milhões

15 – Iluminação de LED

16 – Muralha digital – ampliação de câmeras

17 – Pavimentação e drenagem – seis pontos da cidade – R$ 4,6 milhões

18 – Avenida Prof. Américo Frasseto – duplicação

19 – Rua José Ponce – melhorias

20 – Jardim Primavera (Teixeirão) – drenagem – R$ 2,7 milhões

21 – Avenida Alfredo Teodoro de Oliveira – duplicação – R$ 1,2 milhão

22 – Avenida J.k cruzamento com avenida Jamil Feres Kfouri – travessia

23 – Avenida Marginal Rio Preto – prolongamento – R$ 4,5 milhões

24 – Avenida Vinte e Cinco de Maio – drenagem

25 – Avenida Alfredo Antônio de Oliveira – drenagem

26 – Revitalização ruas Bernardino e Voluntários

27 – Jardim Paulistano – duplicação – 6,2 milhões

28 – Centro Esportivo Caic

29 – Centro Esportivo Cecap

30 – Sete quadras Cecap

31 – Cras Lealdade e Amizade

32 – Praça Dom José Marcondes – estacionamento e praça

33 – Reforma Biblioteca Municipal – R$ 4 milhões

34 – Reforma parcial Recinto de Exposições

35 – Reforma Velório Ressurreição

36 – Construção Centro de Atendimento ao Turismo (antiga pedra)

37 – Reflorestamento – R$ 2 milhões

38 – Distrito Adail Vetorazzo – campo de futebol e pista de caminhada – R$ 1,5 milhão

39 – Brigada de Incêndio – R$ 1 milhão

40 – Bolsões de estacionamento

41 – Inspeções rotineiras de pontes e viadutos

42 – Desapropriações – R$ 6,5 milhões

*A Prefeitura informou valores de parte das obras

Fonte: Prefeitura de Rio Preto

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por