SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 04 DE DEZEMBRO DE 2021
WASHINGTON LUÍS

Edinho diz que terceira faixa será prioridade em concessão da rodovia Washington Luís

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), afirmou que o edital de licitação da concessão da rodovia Washington Luís (SP-310) terá como "obra número 1" a obra da terceira faixa entre Mirassol e Cedral

Francela Pinheiro
Publicado em 06/10/2021 às 00:26Atualizado em 06/10/2021 às 09:29
Rodovia Washington Luís

Rodovia Washington Luís

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), afirmou que o edital de licitação da concessão da rodovia Washington Luís (SP-310) terá como "obra número 1" a obra da terceira faixa entre Mirassol e Cedral. O edital, segundo ele, reduzirá o pedágio em cerca de 15%. O prefeito disse que a informação é do vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB).

A rodovia é administrada pela Triângulo do Sol, entre Mirassol e São Carlos. Estimada em R$ 350 milhões, a construção da terceira faixa é uma promessa desde 2016, pelo ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB). A obra também foi prometida por João Doria (PSDB).

A assessoria do vice-governador não deu detalhes até o fechamento desta edição sobre a obra e a Agência de Regulação de Transportes do Estado (Artesp) não confirmou redução de pedágio. A audiência pública em Rio Preto sobre a renovação está marcada para o dia 25.

O edital prevê R$ 11,8 bilhões para concessão de 1.046 quilômetros. O pacote inclui trechos estaduais, como a Assis Chateaubriand (SP-425) entre Rio Preto e Guaíra e na região de José Bonifácio, da SP-373 (trecho de Severínia a Colina), da SP-326 (trecho de Barretos a Colômbia) e da SP-322 (trecho de Bebedouro a Olímpia).

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por