SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 04 DE DEZEMBRO DE 2021
CONTRATO COM EDUCAÇÃO

CPI prepara denúncia de terceirizada e convoca secretária de Educação de Rio Preto

O presidente da CPI das Terceirizadas da Câmara de Rio Preto afirmou que denunciará uma terceirizada da Prefeitura ao Ministério Público do Trabalho por violação contratual

Francela Pinheiro
Publicado em 06/10/2021 às 00:44Atualizado em 06/10/2021 às 10:15
Vereador João Paulo Rillo (PSOL)

Vereador João Paulo Rillo (PSOL)

O presidente da CPI das Terceirizadas da Câmara de Rio Preto, João Paulo Rillo (Psol), afirmou nesta terça-feira, 5, que denunciará a terceirizada da Prefeitura Gold Care ao Ministério Público do Trabalho por violação contratual. A denúncia, segundo Rillo, também será feita contra o Sindicato dos Cuidadores nas Escolas do Estado de São Paulo (Sindinclusao) e a Prefeitura.

A Gold Care, nome fantasia da empresa RT Serviços de Enfermagem, tem contrato com a Secretaria de Educação desde 2019 para cem postos para monitores de alunos com deficiência. Segundo a CPI, a empresa começou a cobrar curso de capacitação, que não estava previsto no contrato, neste ano. "Só é lícita a alteração contratuais por mútuo consentimento e sem prejuízo ao trabalhador", disse Rillo.

A CPI também convocará a secretária de Educação, Fabiana Zanquetta, a ex-secretária Sueli Costa e três servidoras da pasta. A comissão também convocará responsáveis pela Staffs sobre a qualidade das marmitas fornecidas a terceirizados. A empresa comunicou os funcionários nesta terça-feira, 5, que irá retomar o ticket alimentação.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por