SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 26 DE SETEMBRO DE 2021
TRANSPORTE COLETIVO

CPI do Transporte vai convocar chefe da Vigilância Sanitária de Rio Preto

Gerente será questionada a respeito de incoerências apontadas em depoimentos sobre a fiscalização de medidas sanitárias no serviço de transporte público

Francela PinheiroPublicado em 13/09/2021 às 23:56Atualizado há 14/09/2021 às 08:36
Vereador Robson Ricci, presidente da CPI do Transporte (Divulgação/Câmara Rio Preto)

Vereador Robson Ricci, presidente da CPI do Transporte (Divulgação/Câmara Rio Preto)

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada na Câmara de Rio Preto para investigar irregularidades do transporte público durante a pandemia vai convocar, nesta terça-feira, 14, chefes da Vigilância Sanitária e da Secretaria Municipal de Trânsito, para ouvi-los sobre incoerências apontadas em depoimentos sobre a fiscalização de medidas sanitárias no serviço.

As informações foram confirmadas pelo gabinete do presidente da comissão, Robson Ricci (Republicanos). Os depoimentos estão previstos para a quinta-feira, 16.

A gerente da Vigilância Sanitária, Miriam Wowk, e o chefe dos fiscais de postura do Trânsito, Marcelo Amaral, são os principais convocados. Testemunhas da Secretaria e da Vigilância foram ouvidas pela comissão e divergiram sobre a responsabilidade da fiscalização durante a pandemia.

Os dois órgãos negaram ser responsáveis por fiscalizar se o transporte cumpre com regras sanitárias. “Vamos questioná-los (convocados) para que eles esclareçam sobre os depoimentos que foram realizados na primeira fase”, disse Ricci.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por