SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 18 DE JANEIRO DE 2022
POR 15 DIAS

Bolçone toma posse como prefeito e defende vacinação contra a Covid em Rio Preto

Com férias de Edinho, vice-prefeito assume posto de chefe do Executivo e tem primeira agenda em igreja, onde vai pedir apoio para conscientização sobre vacina; aumento recente de casos de Covid-19 preocupa

Vinícius Marques
Publicado em 15/01/2022 às 03:21Atualizado em 15/01/2022 às 07:36
Transmissão de cargo ocorreu no 8º andar da Prefeitura, no gabinete do prefeito, onde dezenas de pessoas se reuniram (Guilherme Baffi 14/1/2022)

Transmissão de cargo ocorreu no 8º andar da Prefeitura, no gabinete do prefeito, onde dezenas de pessoas se reuniram (Guilherme Baffi 14/1/2022)

Em um evento que reuniu mais pessoas do que anunciado anteriormente, o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), entregou o cargo ao vice, Orlando Bolçone (DEM), nesta sexta-feira, 14. Edinho saiu de férias por 15 dias. É a primeira licença do prefeito desde o início da pandemia e ocorre em uma nova etapa da doença, com explosão de casos por conta da variante Ômicron. O município registrou na última semana 4.451 casos da doença e tem a maior taxa de contágio desde junho de 2021. A transmissão de cargo ocorreu no oitavo andar da Prefeitura, no gabinete do prefeito, onde dezenas de pessoas se reuniram.

Logo depois da posse, Bolçone afirmou que fará acompanhamento diário da evolução de casos e bateu na tecla sobre a necessidade de moradores se conscientizarem sobre a necessidade de vacinação completa contra a Covid-19. Em sua primeira agente neste sábado, 15, como prefeito, Bolçone vai até o Santuário São Judas Tadeu onde terá encontro com o padre Luiz Donizete Caputo. O pároco é coordenador diocesano de pastoral. Na reunião, o prefeito em exercício irá pedir apoio para que ele fale aos fiéis sobre a importância dessa conscientização. A defesa da vacina marcou a posse do vice, assim como a demonstração de preocupação de aumento de casos. Edinho, mesmo de férias, por sua vez, disse que também irá acompanhar a evolução da doença no município em função da variante. Edinho descartou restringir público em eventos, como foi recomendado pelo governador João Doria (PSDB).

Bolçone, por sua vez, reconheceu que o volume de pessoas nas unidades de saúde é “enorme”, e defendeu a vacinação contra a Covid.

“Vamos trabalhar permanentemente, não tem sábado, não tem domingo. Se precisar de qualquer atividade, imediatamente vamos estar pronto para responder. Está com uma certa segurança quanto a letalidade (na nova onda), mas com volume enorme, volume grande nas nossas unidades de atendimento. A unidade da Swift já deu um fôlego, mas é muito importante continuarmos insistindo na vacinação. Vou estar muito atendo”, afirmou Bolçone. Ele disse que conversou com o secretário de Saúde, Aldenis Borim, nesta sexta, 14. Borim, no entanto, não foi à posse para se “precaver” segundo o próprio Bolçone, por recém-contrair Covid. Apesar da declaração do agora prefeito em exercício, o centro respiratório da Swift, que tinha previsão de funcionar até à meia-noite, teve horário reduzido para as 22h nesta sexta, 14, para atendimento da demanda.

Vacinação em crianças

O prefeito interino defendeu a vacinação em crianças, medida que depende do governo federal, responsável pela entrega das doses. A Prefeitura disponibilizou o pré-cadastro para vacinação de crianças. “Tão logo seja possível vacinar também as crianças, melhor. A prevenção é o melhor sistema. A vacina demonstrou isso fazendo cair a letalidade”, disse. Bolçone disse que, “por enquanto” não estão previstas eventuais restrições. (Com Guilherme Baffi)

'Sintonizado', diz Edinho

Nesta sexta, 14, o prefeito afirmou que apesar de sair de férias por 15 dias, Edinho Araújo (MDB) afirmou que irá ficar “sintonizado” nas ações do município. “Não tem como desligar. Essa questão da saúde tenho acompanhado diariamente", afirmou Edinho

“Recomendamos que as pessoas tenham consciência. Mais do que medidas restritivas, quem promove o evento, deve fiscalizar. Evitar o máximo possível contato com pessoas estranhas”, disse Edinho. “Estamos atentos para nos adaptar à realidade”, disse. O prefeito afirmou que na quinta-feira, 13, foram registrados 1.184 casos. Edinho disse também que atualmente a Covid, com a nova variante, está “mais presente”.

"A quantidade é muito maior. O que se diz é que o contágio é maior. Eu acho que é preocupante. Temos de ter preocupação que ela (Covid) pode ceifar vidas e temos de preservar. Então, minha preocupação é com o atendimento”, afirmou Edinho. (VM)

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por