SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 14 DE AGOSTO DE 2022
CANDIDATA AO PLANALTO

União Brasil oficializa Soraya Thronicke como candidata ao Planalto

O nome da senadora já havia sido anunciado, e o evento formaliza a chapa que vai concorrer

Agência Estado
Publicado em 06/08/2022 às 00:18Atualizado em 06/08/2022 às 10:12
Senadora do Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke (Jefferson Rudy/Agência Senado)

Senadora do Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke (Jefferson Rudy/Agência Senado)

O União Brasil lançou a atual senadora do Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke, ex-aliada do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), como candidata à Presidência da República em convenção nacional do partido na manhã desta sexta-feira, 5, em São Paulo. O nome da senadora já havia sido anunciado, e o evento formaliza a chapa que vai concorrer.

"Não é por ser mulher, é porque é uma mulher qualificadíssima", disse o presidente do partido, Luciano Bivar, que chegou a fazer pré-campanha como o escolhido da sigla e desistiu.

O professor da FGV e ex-secretário da Receita Federal Marcos Cintra completa a chapa "pura" e será candidato à Vice-Presidência. "Em 2018 nós votamos para tirar o que estava errado e agora em 2022 votaremos para tirar o que também não deu certo", afirmou Soraya

Também estiveram no palco o candidato ao Senado pelo Paraná, o ex-juiz Sérgio Moro e a candidata a deputada federal por São Paulo, Rosângela Moro, ambos filiados ao União.

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), esteve na convenção do União Brasil, partido de seu vice na candidatura ao governo paulista, Geninho Zuliani. "Nós teremos um palanque único e unido para defender a democracia", afirmou Garcia.

A candidata do PSDB à Presidência, entretanto, é a senadora Simone Tebet (MDB), que tem ainda o Cidadania em sua coligação e deverá ainda garantir a adesão do Podemos, que marcou a oficialização do apoio para a tarde desta sexta-feira.

Nascida em Dourados, no Mato Grosso do Sul, a advogada Soraya Vieira Thronicke tem 49 anos e atualmente é senadora por seu Estado natal, com mandato vigente até 2027.

É formada em Direito pelo Centro Universitário de Campo Grande (UNAES) e tem MBA em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Eleita senadora em 2018 com 373.712 votos, Thronicke afirma publicamente ser contra o aborto e a flexibilização da venda de drogas, e diz defender "valores da família".

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por