SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 09 DE AGOSTO DE 2022
EX-PRESIDENTE DA CAIXA

Guimarães ameaça e xinga funcionários em áudios gravados durante reuniões na Caixa

Outro áudio revela Guimarães pedindo que funcionários sejam perseguidos e destituídos de seus cargos

Agência Estado
Publicado em 01/07/2022 às 01:46Atualizado em 02/07/2022 às 15:01
Pedro Guimarães, que deixou a presidência da Caixa após denúncias de assédio sexual (Divulgação/Agência Brasil)

Pedro Guimarães, que deixou a presidência da Caixa após denúncias de assédio sexual (Divulgação/Agência Brasil)

Áudios gravados durante reuniões na Caixa Econômica Federal mostram o ex-presidente do banco Pedro Guimarães ofendendo e ameaçando funcionários. As gravações foram divulgadas nesta quinta-feira, 30, pela coluna de Rodrigo Rangel, no site Metrópoles, um dia depois de o executivo pedir demissão do cargo devido a denúncias de assédio sexual de funcionárias.

“Sabe qual é a vontade? Porra, eu acho que quem está torcendo para o Lula, vocês se foderem. Voltar a Caixa a ser estuprada por aqueles ladrões, e vocês se foderem", mostra um dos áudios. Segundo o colunista, a gravação é do fim do ano passado e o ex-presidente falava para executivos da Caixa por conta de uma decisão que havia sido tomada pelo conselho do banco sem que ele tivesse sido informado.

Outro áudio revela Guimarães pedindo que funcionários sejam perseguidos e destituídos de seus cargos. "Quem for o responsável vai deixar de ser, ou vice-presidente, ou diretor, ou superintendente nacional, ou gerente nacional. Então, Celso, é para você essa, porque o Vecro é pau mole. Eu quero isso no detalhe. Quero os CPFs de todo mundo", diz. Nesse trecho em que pede os CPFs, ele se direciona a Celso Leonardo, vice-presidente da Caixa, a fim de que todos os funcionários presentes sejam punidos com a perda dos cargos caso o teor da conferência vazasse.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por