SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 19 DE AGOSTO DE 2022
Palestra

Empresa anuncia pagamento de R$ 5 milhões por terreno da sede do Palestra em Rio Preto

Pagamento é referente à compra de terreno da antiga sede do Palestra Esporte Clube, na região central da cidade

Vinícius Marques
Publicado em 05/08/2022 às 15:54Atualizado em 05/08/2022 às 16:44
A SuccesPar anunciou nesta sexta-feira, 5, o pagamento de R$ 5 milhões referente à compra de terreno da antiga sede do Palestra Esporte Clube, na região central da cidade (Guilherme Baffi)

A SuccesPar anunciou nesta sexta-feira, 5, o pagamento de R$ 5 milhões referente à compra de terreno da antiga sede do Palestra Esporte Clube, na região central da cidade (Guilherme Baffi)

A SuccesPar anunciou nesta sexta-feira, 5, o pagamento de R$ 5 milhões referente à compra de terreno da antiga sede do Palestra Esporte Clube, na região central da cidade.

"A  SuccesPar oficializou nesta quinta-feira, dia 4 de agosto, o pagamento de sinal definido em contrato, no valor de R$ 5 milhões, referente à compra do terreno da antiga sede do Palestra Esporte Clube. O pagamento foi deferido após o clube apresentar documentos impreteríveis para a viabilidade jurídica técnica e ambiental do negócio, bem como a confirmação da eficácia e validade do contrato mediante decisão judicial em 2ª instância. O valor da aquisição total da área é de R$ 60 milhões", afirma a nota.

A empresa ainda informa que a "SuccesPar é uma empresa de desenvolvimento imobiliário que atua no mercado nacional de incorporação comercial, industrial e residencial. Nos próximos meses, a empresa pretende iniciar dois grandes empreendimentos em São José do Rio Preto, com investimentos de aproximadamente R$ 200 milhões e estimativa de gerar mais de 1.000 empregos."

Integrantes da diretoria do clube registraram boletim de ocorrência no início da tarde desta sexta, 5. A reclamação é de que e venda foi autorizada pela Justiça em 2020 e teriam impedido acesso deles e de sócios ao clube, o que estaria em desacordo com o contrato de compra e venda. O grupo avalia que irá entrar com ação na Justiça sobre o caso.

“A venda foi feita com autorização dos associados. Até a data de ontem não havia sido cumprido nada do contrato. Vamos avaliar a situação juridicamente. Por enquanto não tem decisão”, diz Valdomiro Alcaine, presidente do Palestra.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por