SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2021
DIÁRIO TEC

Veja quais celulares ficarão sem WhatsApp a partir do dia 1º de novembro

Aplicativo deixará de funcionar em pelo menos 50 modelos de smartphones a partir de 1º de novembro. Veja se o seu está na lista

Gabriel Vital
Publicado em 14/10/2021 às 00:29Atualizado em 14/10/2021 às 12:07
WhatsApp encerra suporte em mais de 50 aparelhos (Freepik/Banco de Imagens)

WhatsApp encerra suporte em mais de 50 aparelhos (Freepik/Banco de Imagens)

Usuários de smartphones mais antigos têm pouco mais de duas semanas para providenciar um novo aparelho se quiserem continuar utilizando o WhatsApp. Isso porque o aplicativo mais popular de mensagens instantâneas vai deixar de funcionar em alguns sistemas operacionais a partir do dia 1º de novembro.

Esse tipo de atualização acontece periodicamente. Desta vez, o WhatsApp não funcionará mais em smartphones com sistema operacional Android inferior à versão 4.1, nem em iPhones com sistema iOS inferior à versão 10. Essa atualização afetará mais de 50 modelos de celulares que não suportam versões mais recentes de seus sistemas operacionais. Entre eles estão modelos da Apple, Samsung, LG, ZTE, Huawei, Sony, entre outros.

Para descobrir qual a versão do sistema operacional do seu celular Android, acesse “Configurações”, toque na opção “Sobre o telefone” e observe a informação em “Versão do Android”. Caso a versão seja a 4.1 ou superior, não precisa se preocupar, pois o WhatsApp continuará funcionando normalmente.

Se o seu celular for iPhone, acesse a opção “Ajustes”, selecione a opção “Geral” e, depois, toque em “Sobre”. Você verá o número da versão do sistema operacional iOS em “Versão do software”. Se o número indicado for 10 ou superior, o WhatsApp seguirá funcionando.

Por que isso acontece?

O fim do suporte é comum não apenas no WhatsApp, mas em qualquer aplicativo. Isso ocorre porque, com o tempo, a plataforma recebe atualizações, tanto para ganhar funcionalidades quanto para corrigir erros e falhas de segurança.

Assim, chega um momento em que essas atualizações não são mais suportadas por sistemas antigos. Quando isso ocorre, o aplicativo se torna incompatível com determinadas versões, pois, se não receber as atualizações necessárias, ficará vulnerável a ataques.

Celulares que ficarão sem o WhatsApp

- Apple: caso o iPhone não suporte mais atualização para o iOS 10 ou superior

- Samsung: Galaxy Trend Lite, Galaxy Trend II, Galaxy S2, Galaxy S3 mini, Galaxy Xcover 2, Galaxy Core e Galaxy Ace 2

- LG: LG Lucid 2, Optimus F7, Optimus F5, Optimus L3 II Dual, Optimus L5, Optimus L5 II, Optimus L5 Dual, Optimus L3 II, Optimus L7, Optimus L7 II Dual, Optimus L7 II, Optimus F6, Enact, Optimus L4 II Dual, Optimus F3, Optimus L4 II, Optimus L2 II, Optimus Nitro HD e 4X HD, e Optimus F3Q

- ZTE: ZTE Grand S Flex, ZTE V956, Grand X Quad V987 e Grand Memo

- Huawei: Huawei Ascend G740, Ascend Mate, Ascend D Quad XL, Ascend D1 Quad XL, Ascend P1 S e Ascend D2

- Sony: Sony Xperia Miro, Sony Xperia Neo L e Xperia Arc S

- Outros: Alcatel One Touch Evo 7, Archos 53 Platinum, HTC Desire 500, Caterpillar Cat B15, Wiko Cink Five, Wiko Darknight, Lenovo A820, UMi X2, Faea F1 e THL W8.

Dicas da Semana: Conte seus passos

Reportagem publicada pelo Diário no mês passado mostra que dar 7 mil passos por dia diminui em até 70% o risco de morte antes dos 65 anos, segundo estudo da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos. Mas, como contar essa quantidade de passos? Engana-se quem pensa que para isso precisa ter um smartwatch. Seu celular basta para fazer essa função. Confira alternativas!

Google Fit

O Google Fit é capaz de rastrear sua quantidade de passos simplesmente mantendo o celular no bolso. Além disso, o app pode ser usado para cadastrar suas atividades físicas e monitorar sua evolução, com metas a serem atingidas.

Pedômetro

Este app é um rastreador de passos gratuito que monitora sua atividade diária, distância em corrida, calorias queimadas e outras métricas de condicionamento físico para

atingir seus objetivos.

Contador De Passos

Esta é outra opção de aplicativo para contar a quantidade de passos sem a necessidade de outros dispositivos, como pulseiras e relógios inteligentes. O app é gratuito e também permite que o usuário acompanhe seu peso e índice de massa corporal (IMC) ao longo do tempo.

TRENDING

Recorde inesperado

Não se fala em outra coisa nas redes sociais. A série sul-coreana Round 6 (foto), lançada na Netflix em 17 de setembro, já foi vista por mais de 100 milhões de usuários e é a série mais assistida da história do serviço de streaming. Tanto sucesso assim não era esperado pelos produtores e a Netflix chegou a ser processada na Coreia do Sul por “monopolizar” o tráfego de internet de uma das maiores operadoras do país.

Aumento nas buscas

Produção do diretor Hwang Dong-hyuk, a série gerou um aumento repentino nas buscas pelos termos "Round 6" e "Squid Game" no Google. Outros termos que cresceram vertiginosamente nas buscas foram "won para real" e "quanto vale um won em real", reflexo do interesse de brasileiros em saber quanto vale, na nossa moeda, o prêmio da série, de 45,6 bilhões de wons (moeda sul-coreana). Para poupar você desse trabalho, aqui vai a informação: o valor equivale a aproximadamente R$ 210 milhões.

Novidades

A Apple marcou para o dia 18 de outubro um evento de lançamento de novos produtos. A expectativa é que a empresa apresente os novos modelos de MacBook Pro (14 polegadas e 16 polegadas), Mac mini e AirPods, que devem ser lançados ainda em 2021. O evento começa às 10h na Califórnia (14h no horário de Brasília) e será transmitido pelo YouTube.

Escassez global

Por falar em Apple, a marca poderá reduzir a produção do iPhone 13 devido à escassez global de chips. A informação é da rede de notícias econômicas Bloomberg, com base em fontes da indústria tecnológica. O plano da Apple era fabricar 90 milhões de dispositivos até o fim deste ano, mas a produção deve ser menor devido à dificuldade de conseguir os componentes. Lançado em setembro, o iPhone 13 chega a custar R$ 15 mil no Brasil, em sua versão top de linha.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por