SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUINTA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2022
Cartas do leitor

Sessão secreta

Publicado em 26/01/2022 às 22:33Atualizado em 26/01/2022 às 22:35

Com referência à matéria publicada pelo Diário da Região na edição desta quarta-feira, dia 26, de que a maioria dos vereadores da Câmara de Rio Preto rejeita projeto e mantém sessão secreta, gostaria de saber o que os oito vereadores - nobres parlamentares Anderson Branco, Bruno Marinho, Celso Peixão, Claudia de Giuli, Francisco Junior, Jorge Menezes, Julio Donizete, Paulo Paulera, tem de “rabo preso” em suas votações de projetos votados na Câmara, que não pode ser de conhecimento da população e nem dos eleitores que os elegeram.

Só quem tem direito de voto secreto são os eleitores. Chega de projetos secretos e orçamento secreto. Nós, os eleitores, não somos otários.

Rio Preto

O fundo eleitoral de R$ 4,9 bilhões que os políticos irão receber é revoltante. E os culpados são os funcionários públicos, que há dois anos estão proibidos de terem aumento salarial. E o teto salarial, pelo qual os prefeitos e governadores ‘congelam’ seus vencimentos, é brincadeira. Um exemplo: não sei há quanto tempo o salário do prefeito de Rio Preto é R$ 10 mil reais livre, depois dos descontos. Numa cidade de 500 mil habitantes, é brincadeira. Em qualquer cidadezinha da região o prefeito ganha isso, só pra bloquear o teto do servidor.

Rio Preto

A eleição tão esperada de 2022 traz em seu bojo expectativa de uma história diferente do pleito passado, com Jair Bolsonaro (PL) disputando a reeleição e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tentando retornar à Presidência da República para um possível terceiro mandato.

Já o PSDB, partido do atual governador de São Paulo, João Doria, dá quase certa a sua pré-candidatura à eleição. Embora esteja distante a movimentação dos nomes que irão disputar o Palácio do Planalto, já se tem em mente alguns nomes que vêm sendo cogitados.

Doria foi muito bem sucedido ao disputar a prefeitura de São Paulo e, posteriormente, o Palácio dos Bandeirantes.

Poderão disputar a Presidência da República a senadora Simone Tebet (MDB), Ciro Gomes, além do ex-juiz Sérgio Moro (Podemos).

Moro terá pela frente possíveis debates com os demais postulantes à Presidência, entre eles o ex-presidente Lula, tanto é que as chamas da fogueira já começam a esquentar entre os dois, um acusando o outro sobre este ou aquele esquema de irregularidades, tanto da parte de um como do outro.

É evidente que Jair Bolsonaro não ficaria de fora dessa disputa à Presidência da República pelo Partido Liberal. Porém, há de se fazer alusão ao fato de que atualmente um dos principais desafios de Bolsonaro é a popularidade em baixa.

Façamos votos para que seja colocada em prática uma disputa de alto nível em toda a sua extensão.

Ibirá

A aprovação pelo Conselho de Ministros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) do início das negociações para acessão do Brasil ao grupo é um reconhecimento do esforço do país em se alinhar com as melhores práticas internacionais e em realizar mudanças para a melhoria do ambiente de negócios brasileiro. A entrada do país na organização irá atrair mais investimentos em áreas estratégicas e ampliar a integração da economia brasileira.

Esse é um passo de extrema importância para o setor produtivo brasileiro. Tenho certeza de que o processo de negociação trará muitos benefícios para o Brasil e servirá de impulso para alavancarmos reformas importantes, que vão aumentar a competitividade da indústria e promover um crescimento mais sustentável do país.

O Brasil era considerado parceiro-chave da OCDE desde 2012 e pediu formalmente para fazer parte do grupo em 2017. País-candidato mais convergente com os instrumentos legais da Organização, o Brasil aderiu a 103 de 251 instrumentos da OCDE, conforme o painel de monitoramento elaborado pela CNI. O Brasil é também o país mais engajado com os Comitês e grupos de trabalho da organização, integrando discussões de mais de 30 instâncias.

Para dar continuidade ao processo de acessão, a OCDE irá apresentar um roteiro de avaliação de alinhamento das políticas e legislações brasileiras com os padrões da organização. A CNI reforça a disposição da indústria brasileira na promoção dessa agenda. Temos todo o interesse em contribuir. Estamos trabalhando ativamente na agenda de OCDE desde 2018 e os empresários brasileiros já entenderam a relevância de participar das discussões.

A CNI participa, como observadora, do Business at OECD, entidade que congrega as instituições de representação do setor privado dos países membros da OCDE. O Bussiness at OECD leva a voz do setor privado à OCDE e tem acesso aos encontros de alto nível, fóruns e discussões em temas que impactam os negócios em todo o mundo.

Em 2018, a Confederação iniciou ações de mobilização e sensibilização das empresas e associações brasileiras para a importância dessa agenda. Em 2021, foram iniciadas as publicações das cartilhas temáticas sobre a importância das normas da organização para o Brasil em áreas como infraestrutura, inovação, governança corporativa e sustentabilidade.

Ótima iniciativa a do funcionário da Saúde, que anima as crianças durante a vacinação infantil contra a Covid-19 vestido de palhaço na UBS do Jaguaré, em Rio Preto. Tiro o chapéu para todos os funcionários da Saúde!

A mulher que pulou na água (um piscinão de contenção de água da chuva), no Jardim Maracanã, para resgatar um cachorro que estava enroscado em meio aos galhos. Merece todas bênçãos de Deus pela vida afora! Coração feito só de amor e carinho!! O ‘peludinho’ agradece ! E minha mais grande admiração!

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por