SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 09 DE AGOSTO DE 2022
CARTAS DO LEITOR

Dívida com Semae

Publicado em 24/06/2022 às 22:49Atualizado em 24/06/2022 às 23:11

“Câmara aprova perdão de multas e juros sobre dívidas com o Semae”. Com esta manchete do Diário da Região do dia 24/6, fica claro a punição, pelo poder público, das pessoas que pagam suas contas rigorosamente em dia.

Se fizerem uma busca nos maiores devedores tributários ao município inevitavelmente se encontrará os grandes proprietários.

Com estas leis que penalizam os cumpridores de suas obrigações tornam um incentivo ao não pagamento de suas obrigações.

Os nobres edis deveriam então promulgar uma lei remunerando os contribuintes que pagam em dia, pois foram penalizados, poderiam muito bem deixar seu numerário aplicado e pagar as contas ano ou anos depois sem qualquer penalidade.

São estas leis tipicamente eleitoreira que não compactuam com a finalidade do legislativo que é fiscalizar a administração pública.

José Luis Trevizan, Rio Preto

Conscientização

Graças à rede estadual de ensino, que apresenta-se com nova mentalidade de trabalho de conscientização sobre o combate à violência e defesa dos direitos de milhares de meninas, foi iniciado esse feito que direciona a formação na defesa do aspecto "violência contra a mulher não é normal".

Nessas condições, tal iniciativa busca preparar escolas para que aconteça um espaço seguro e acolhedor, permitindo às meninas conhecimento e desenvolvimento justos e com segurança absoluta.

É certo que nas escolas vítimas da violência às vezes encontram acolhimento para poder denunciar os crimes cometidos. Muitos deles praticados por familiares e pessoas próximas, sem contar os casos de abuso contra meninas menores que se alastram por todo o país.

Campanhas sucessivas, visando minimizar a situação da violência se concentram no caminho mais salutar, para que tenhamos um mundo mais fraterno em prol da classe feminina.

Alessio Canonice, Ibirá

Cem dias

Na quinta-feira, dia 23 de junho, chegamos a 100 dias das eleições 2022. São 100 dias para a mudança, para o novo. 100 dias em contagem regressiva para mudarmos o nosso Congresso, um terço do Senado, além de presidente e governadores de todos os estados brasileiros. São 100 dias de expectativa e de esperança. Esperança de dias melhores, com uma economia gerando renda e emprego, um país mais justo e sem corrupção. Pense nisso: em 100 dias todos nós vamos escolher o futuro.

E toda essa esperança, toda essa mudança vem de um lugar só, do seu voto. Algo que parece tão simples, e tem tanto poder para mudar os rumos de um país inteiro. Em 100 dias; analise a ficha dos candidatos, desconfie daquele que bate no seu ombro e promete um milheiro de tijolos, oferece pagar sua conta de água, etc. O seu voto não tem troca, tem consciência!.

Pense nisso no dia 2 de outubro. Conheça seus representantes, leve à serio o poder que você vai ter nas mãos. Em 100 dias, nós vamos precisar de você, e vamos precisar uns dos outros também. Portanto, saia por aí, espalhe suas ideias, seja voluntário para campanhas que você acredita.

Organize-se. Se todo mundo fizer sua parte, em 100 dias, o Brasil muda de vez, para melhor. Só depende da gente!. O voto não tem preço, tem consequência!. Pense nisso!.

Harley Pacola, Rio Preto

Proteção às crianças

Aconteceu, de 6 a 10 de junho, a I Semana de “Conscientização e mobilização em prol do desenvolvimento saudável e de prevenção e combate à violência contra crianças e adolescentes”, intitulada como “Infância Eu Abraço”, uma campanha que visa a promoção de mais proteção à Infância a partir de uma específica Lei (17.738/2022) recentemente aprovada na cidade de São Paulo.

A iniciativa é do Instituto Olinto Marques de Paulo (www.instituto-omp.org.br) e conta com o engajamento de associações médicas nacionais e estaduais como: Associação Médica Brasileira (AMB), Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP), Academia Brasileira de Neurologia (ABN), Sociedade Brasileira de Clínica Médica, Sociedade Brasileira de Medicina, de Família e Comunidade (SBMFC), entre outras organizações de referência de apoio à infância e entidades sociais.

Você já olhou para a infância hoje? Segundo a Fundação Abrinq, 11 crianças são agredidas ou negligenciadas por hora no Brasil (IBGE); 160 milhões de crianças no mundo sofreram com trabalho infantil em 2021 (OIT e Unicef); 1,6 milhão de crianças abandonaram as escolas durante a pandemia (Fundação Abrinq).

Ajude a conseguir caminhar ainda mais longe!

Gostaríamos de convidar a quem puder, participar da nossa campanha, mostrando a importância de olhar para nossas crianças e ajudando a mobilizar mais pessoas para abraçarem a infância. Quer saber como contribuir? Acesse o site da campanha: www.instituto-omp.org.br/infanciaeuabraco e saiba mais.

Diretoria da Associação Médica Brasileira (AMB) e Instituto OLP (Olinto Marques de Paulo)

Lotação

A respeito da notícia do Diário da Região de que mesmo com novos leitos permanece a lotação em UPAs de Rio Preto, não é só isso. Pra ajudar, em pleno inverno, vamos continuar circulando por aí sem máscaras, inclusive em cubículos!

Se observar bem, entre os que mais reclamam têm muitos que não usam máscaras e são os primeiros a ir lotar as unidades de saúde, mesmo com sintomas amenos.

Luciana Luciana – via Facebook

Lotação-2

Precisa inaugurar o hospital da zona norte de Rio Preto, que está pronto. Está esperando o que, senhor prefeito?

Luzia Costa – via Facebook

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por