SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUINTA-FEIRA, 11 DE AGOSTO DE 2022
CARTAS DO LEITOR

Diretivas divinas

Publicado em 05/07/2022 às 23:32Atualizado em 06/07/2022 às 00:04

No entender dos cristãos, Deus está por trás de todas as atividades da vida, sejam divinas ou humanas, boas ou más. Nada escapa aos seus olhos, mas sempre focados no bom caminho, no que é digno e convém para a realização de seus objetivos. O projeto divino se realiza num comprometido amor a Ele mesmo e às pessoas, no acolhimento e convivência social e fraterna, na prática de Jesus.

Para qualificar a vida humano-divina, Deus apresenta Jesus como modelo de perfeição, sendo nossa referência fundamental. Mas o caminho que nos identifica não é fácil, é cheio de confrontos entre o bem e o mal. Significa que ninguém está pronto, perfeito, mas busca os próprios objetivos apoiados nos princípios de referência. Numa atitude de despojamento, Deus está na sentinela.

Não é fácil perceber e compreender a presença de Deus nas falcatruas praticadas na sociedade, dizendo que Ele está por trás até das coisas erradas. Isto sim porque é o sustentáculo da vida, mesmo da vida que pratica atos de irresponsabilidade. Jesus disse aos seus seguidores que não veio para os santos, os perfeitos, mas para os doentes com o intuito de libertá-los das amarras que os prendem.

Diante do desgaste constante que a sociedade brasileira vem sistematicamente sofrendo nos últimos tempos, num clima de insegurança total e sofrimento generalizado da classe vulnerável, a hora é de abrir os nossos corações e nossa consciência, porque são espaços onde Deus fala e agir com mais responsabilidade. É preciso intuir as propostas e indicações de Deus para um mundo melhor.

Falamos de “salada de frutas”, que parece ser expressão que explica muito bem o que está sendo praticado no Brasil. Política deixando de ser uma verdadeira política; a religião deixando de ser verdadeira religião; a economia, que deveria ser estabilidade social e econômica, para defender os mais pobres, centralizada nas mãos de um pequeno grupo privilegiado e incapaz de partilhar.

A grande pergunta que surge em nosso pensamento é esta: onde estão as diretivas divinas se, em diversas situações, o que reina mesmo é a exploração como um verdadeiro assalto contra o direito à dignidade dos excluídos? Não é fácil dar uma resposta mediante uma corrupção instituída e sem perspectiva de mudança. Mas temos que acreditar na ação de Deus transformando a conduta das pessoas.

Dom Paulo Mendes Peixoto – arcebispo de Uberaba-MG e ex-bispo de Rio Preto

Impacto 5G

O impacto da adoção do 5G no Brasil no crescimento econômico dependerá da velocidade de implementação da nova tecnologia. A diferença entre uma disseminação acelerada ou lenta será de 0,20 pontos percentuais no PIB potencial per capita de 2030, o equivalente a um acréscimo de R$ 81,3 bilhões no PIB neste ano. Os dados são do estudo Tecnologia 5G – Impactos econômicos e barreiras à difusão no Brasil, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria.

No cenário mais otimista projetado, em 2030, a penetração do 5G no país será de 81%. No cenário mais pessimista, o indicador cai para 40,5%. Os cálculos consideram a projeção do PIB (em R$) de 2021 e estimativas de crescimento da população feitas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram feitos antes do leilão realizado em dezembro.

O crescimento do PIB potencial é resultado do crescimento da população em idade ativa (PIA) e da produtividade do trabalho. Esse último indicador será impactado com a adoção do 5G. Devido ao baixo tempo de resposta (latência) e alta velocidade na transmissão de dados, a nova tecnologia permitirá ampliar as atividades passíveis de automação e digitalização, no contexto de consolidação da indústria 4.0.

Para impulsionarem a produtividade brasileira, novos métodos, como o monitoramento em tempo real do chão de fábrica e a comunicação entre máquinas, dependem não só da alta velocidade, mas sobretudo do baixo tempo de resposta e da criação das redes privadas. É determinante que os desafios de implementação dessa nova tecnologia sejam superados, garantindo que o país não fique para trás em relação aos seus concorrentes

Renato da Fonseca - superintendente de Desenvolvimento Industrial da CNI

IPVA

A respeito da matéria publicada pelo Diário da Região na edição desta terça-feira, 5, sobre a suspensão de desconto para parcela atrasada do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), o pior que, quando é a última parcela, o Estado vem e cobra juros e multa em cima de todo valor do IPVA, ou seja, de um valor que já recebeu.

Jorge Uanderson Montanari – via Facebook

IPVA-2

Esse é o Estado mais rico da União, onde tira dinheiro do povo inapropriadamente! Vcs não imaginam, o que nós `Portadores de Deficiências, estamos sofrendo nesse governo! Nos fizeram pagar IPVA, mesmo tendo isenção comprovada por médicos peritos do Detran/SP.

Estamos numa luta incessante contra esse governo que não tem respeito pelas pessoas. Por lei, temos direito à isenção de IPVA. São muitas as deficiências. Intelectual espectro do autismo, baixa visão, ortopédicas (próteses, placas com pinos que restringem movimentos, entre outras) O que o governo quer é arrecadar, mais e mais, para ficar gastando como quiser. Para quem quiser conhecer mais sobre o assunto procure por #diariopcd!

Isilda Collengue – via Facebook

IPVA-3

As minhas parcelas venciam no dia 15. Só que em abril, dia 15 foi feriado e aí eles adiantaram o pagamento pro dia 14. Moral da história: R$ 300 reais de juros.

Renato Silvério – via Facebook

Outdoor

A respeito da ordem judicial para retirar outdoors de Itamar, Edinho e Rodrigo, em Rio Preto, tinha que fazer eles devolverem o dinheiro gasto para os cofres públicos. Juiz sensato.

Carlos Alberto Vila – via Facebook

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por