SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 06 DE JULHO DE 2022
ARTIGO

Idosos e o inverno

Cuidados com a saúde dos idosos podem reduzir drasticamente as chances de doenças e internações

Lucia Palma
Publicado em 18/05/2022 às 23:11Atualizado em 18/05/2022 às 23:31
Lucia Palma (Reprodução)

Lucia Palma (Reprodução)

Em meses próximos ao inverno ocorrem diversas mudanças repentinas na temperatura. As alternâncias entre calor e frio – que muitas vezes surpreendem às pessoas – é extremamente prejudicial para a saúde se não forem tomadas atitudes adequadas.

Com a chegada do inverno e a queda brusca da temperatura, é preciso atenção redobrada, principalmente, com a saúde de idosos que têm tendência a sentirem mais os efeitos dessa estação climática.

Com o corpo mais fragilizado, a sensibilidade fica mais alta, e as temperaturas frias e o tempo seco deixam os idosos vulneráveis a doenças – principalmente as de vias respiratórias. Gripes e resfriados se tornam mais frequentes, algumas dores se acentuam, e casos de doenças mais sérias, como pneumonia, aumentam nessa época do ano.

Desse modo, é primordial aumentar os cuidados com a saúde dos idosos para eles manterem uma boa qualidade de vida no inverno. Precauções extras com a alimentação, hidratação e se manter agasalhado, podem reduzir drasticamente as chances de doenças e internações.

É importante ter uma alimentação saudável, dar preferência para frutas ricas em vitamina C e alimentos que fortalecem o sistema imunológico. Manter uma boa hidratação é fundamental para o organismo funcionar em um ritmo melhor, a utilização de roupas confortáveis e quentes melhoram a temperatura do corpo.

Os idosos devem tomar banhos rápidos para deixar o corpo menos tempo exposto ao frio, com água em temperatura morna para não agredir a pele e após o banho deve-se secar bem o corpo para evitar resfriados, pneumonia e hipotermia – que é a baixa temperatura corporal.

É preciso estar atento ao calendário de vacinação dos idosos para manter em dia, sendo uma das medidas que contribuem na prevenção de doenças respiratórias e internações.

A imunização contra o vírus influenza e a gripe tem uma grande importância, pois fortalece a imunidade do idoso e diminui os riscos de surgirem outras complicações.

Em meio aos momentos vividos nos últimos dois anos, decorrentes da pandemia global causada pelo vírus SARS-CoV-2 e que ainda se faz presente na sociedade, é essencial tomar os reforços da vacina contra a Covid-19 para manter uma completa imunização.

O acompanhamento dos profissionais em uma casa de repouso agrega na saúde do idoso, em função de que essas medidas podem evitar a queda da imunidade, diminuir a possibilidade de doenças e mantê-los saudáveis.

Lucia Palma, Formada em Gestão de Marketing pela Anhembi-Morumbi; CEO e fundadora do Portal Casas de Repouso

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por