SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 09 DE AGOSTO DE 2022
MEGATRAFICANTE

Polícia Federal anuncia prisão, na Hungria, do 'Pablo Escobar brasileiro'

Classificado pela PF como “um dos maiores traficantes internacionais da atualidade”, Major Carvalho é chamado na Europa de “Pablo Escobar brasileiro”

Agência Estado
Publicado em 22/06/2022 às 01:10Atualizado em 22/06/2022 às 09:30

A Polícia Federal (PF), em cooperação internacional com a Interpol da Hungria e a Polícia Judiciária de Portugal, anunciou nesta terça-feira, 21, a prisão do narcotraficante Sérgio Roberto de Carvalho, conhecido no Brasil como “Major Carvalho” por ter sido, até 2018, oficial da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul.

O Ministério da Justiça do Brasil deverá pedir a extradição de “Major Carvalho”, que, entretanto, teria também contas a prestar à Justiça portuguesa. Classificado pela PF como “um dos maiores traficantes internacionais da atualidade”, Major Carvalho é chamado na Europa de “Pablo Escobar brasileiro”.

Segundo a imprensa lisboeta, ele deverá ser acusado por lavagem de dinheiro em Portugal, após a Polícia Judiciária ter encontrado no final do ano passado 12 milhões de euros dentro de uma van que estaria estacionada num endereço de Lisboa ligado ao traficante.

Procurada pelo Estadão para confirmar sua participação nas investigações e a intenção de processar e punir Major Carvalho, a Polícia Judiciária não se manifestou. Já a assessoria de imprensa do Ministério Público de Portugal disse desconhecer o caso.

A PF brasileira informou que a prisão decorreu das investigações desenvolvidas no âmbito da Operação Enterprise, deflagrada em 2020, que apreendeu R$ 500 milhões da rede criminosa da qual Major Carvalho era o líder.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por