SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEGUNDA-FEIRA, 26 DE JULHO DE 2021
REVELAÇÃO

Rio-pretense Eduardo 'Pim' fará 3ª luta profissional da carreira

Pugilista rio-pretense luta no próximo sábado, 24, em São Paulo

Da RedaçãoPublicado em 22/07/2021 às 00:32Atualizado há 22/07/2021 às 08:01
[object Object]

Eduardo se apronta para ir a São Paulo onde luta no próximo sábado (Johnny Torres – 20/7/2021)

O rio-pretense Eduardo Diogo, olha para os feitos de Éder Jofre, Acelino “Popó” Freitas, Robson Conceição e Esquiva Falcão, boxeadores brasileiros mundialmente conhecidos, e sonha. O jovem pugilista, mais conhecido como “Pim”, tem 22 anos, e sabe que ainda possui um longo caminho a ser percorrido para um dia, quem sabe, chegar próximo deste Panteão. Sua terceira luta como profissional pela categoria Super Galo (até 55.34kg) será no próximo sábado, 24, em Guarulhos, às 18h, no Coliseu Boxing Club, contra Gustavo Silveira da Silva.

“Expectativa muito boa para sábado. Agora que voltei com uma experiência legal dos Estados Unidos, pretendo trazer mais uma vitória e, se Deus quiser, conseguir mais um nocaute.” contou Pim.

Quatro rounds de três minutos cada determinarão o vencedor do confronto. Eduardo possui um cartel profissional de duas lutas, com duas vitórias, sendo uma delas por nocaute. Fez sua estreia nos Estados Unidos, após ser descoberto por Yamaguchi Falcão, um dos grandes nomes do boxe brasileiro, em um campeonato amador.

Pim ingressou na modalidade por influência do pai, o também pugilista Ednaldo Diogo, ou “Tuca”, como é chamado. De acordo com ele, o apoio da família foi fundamental para que a carreira como boxeador fosse escolhida de forma oficial.

“Meu pai começou a treinar comigo desde quando eu tinha sete anos de idade, fui pegando um grande gosto pela coisa e comecei a fazer algumas lutas em Rio Preto mesmo. A partir daí, peguei firme nos treinamentos e ele me colocava em alguns campeonatos em São Paulo. Conforme fomos vendo que estava dando resultados, decidi seguir no boxe.” explicou.

Fã do filipino Manny Pacquiao, Eduardo, que é bicampeão do Torneio Galo de Ouro e vice-campeão dos Jogos Abertos do Interior, fez sua estreia profissional na Filadélfia, nos Estados Unidos, vencendo o lutador local Jerrod Miner, no ano passado. Durante o período, ficou treinando com sua equipe em solo americano, até precisar retornar ao Brasil por conta da pandemia do coronavírus. Agora longe, ele garante que o tempo que passou por lá o ajudará na luta contra Gustavo por conta das diferenças nos treinamentos.

“Meu treinamento lá era mais completo porque tínhamos o material humano, podíamos fazer o sparring e treinar acompanhado de quem já estava no meio há muito tempo. Aqui só possuímos os aparelhos por conta da falta de gente para treinar junto. Até por isso quem sai daqui para lutar lá fora acaba não tendo um bom resultado.” afirmou o jovem.

Eduardo “Pim” Diogo enfrenta Gustavo Silveira da Silva no próximo sábado, 24, às 18h, em Guarulhos, pelo Coliseu Boxing Club, com transmissão ao vivo do canal oficial do Youtube do evento.

Eduardo ‘Pim’
ringue
boxe
Esportes
RIO PRETO
 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por