SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 19 DE AGOSTO DE 2022
QUEDA DE BRAÇO FRANCESA

Neymar deseja continuar no PSG e deve dificultar negociação

Segundo o jornal espanhol El País, o PSG já teria avisado ao estafe de Neymar de que ele não faz mais parte dos planos do clube para a próxima temporada

Agência Estado
Publicado em 30/06/2022 às 00:22Atualizado em 30/06/2022 às 09:06
Clube francês indica querer se livrar de Neymar, mesmo que ele tenha contrato até a metade de 2025 (Reprodução/Facebook)

Clube francês indica querer se livrar de Neymar, mesmo que ele tenha contrato até a metade de 2025 (Reprodução/Facebook)

Se Neymar desejava deixar o Paris Saint-Germain em 2019 e o clube impediu sua saída, o cenário se inverteu três anos depois. Hoje, a agremiação francesa quer se livrar do craque brasileiro em mais uma renovação de elenco, mesmo que ele tenha contrato até a metade de 2025. O jogador, porém, faz jogo duro e não tem a intenção de se mudar de Paris.

Segundo o jornal espanhol El País, o PSG já teria avisado ao estafe de Neymar de que ele não faz mais parte dos planos do clube para a próxima temporada. A decisão teria sido informada ao pai do camisa 10, Neymar da Silva Santos, responsável pela carreira do atleta, e teria também a concordância do atacante Kylian Mbappé, principal nome do time nos últimos anos.

De acordo com a publicação da Espanha, a diretoria passou a olhar com outros olhos em relação a Neymar após renovar o contrato com Mbappé, principal referência do projeto esportivo do PSG atualmente. A estrela francesa de 23 anos teria exigido mudanças para estender o seu vínculo. Uma delas seria a saída de Neymar, criticado na França por episódios de "sistemática indisciplina". Nenhuma das partes envolvidas se manifestou.

O periódico espanhol afirma que o PSG busca uma solução amigável para o caso. O pai de Neymar teria exigido o pagamento do que está estipulado no contrato, algo em torno de 200 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão).

O Estadão apurou que está nos planos de Neymar se reapresentar após as férias no PSG. O clube fará pré-temporada no Japão. Não passa em sua cabeça, no momento, sair de Paris, como desejava em 2019, ocasião em que tentou o regresso ao Barcelona, mas teve seu desejo frustrado pelo clube francês. A ideia é cumprir o contrato vigente até 2025, com opção de ser estendido por mais dois anos.

Pessoas ligadas ao atleta ouvidas pela reportagem disseram se tratar de apenas "mais um episódio de especulação" noticiado pela imprensa estrangeira, algo normal neste período em que a janela para contratar novos jogadores está aberta e a nova temporada do futebol europeu ainda não começou.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por