SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2022
SANTOS

Bauermann quer volta por cima no Peixe

Agência Estado
Publicado em 21/01/2022 às 01:30Atualizado em 21/01/2022 às 01:33
Eduardo Bauermann durante treinamento no CT Rei Pelé (Ivan Storti/ Santos FC)

Eduardo Bauermann durante treinamento no CT Rei Pelé (Ivan Storti/ Santos FC)

Apresentado oficialmente pelo Santos nesta quinta-feira, o zagueiro Eduardo Bauermann afirmou que jogar no time da Vila Belmiro é uma chance de "dar a volta por cima" em sua carreira. O jogador de 25 anos enfrentou dificuldades numa transferência frustrada para a Europa em 2019 e acabou perdendo uma chance importante.

"Voltar a vestir uma camisa de um peso tão grande, que representa muito para nós, atletas. Ainda mais a camiseta do Santos que, na minha vida, tem um peso muito grande. Estou dando a volta por cima na minha carreira, na qual eu patinei em alguns lugares e agora estou aqui recebendo essa oportunidade", afirmou o jogador, que assinou contrato até dezembro de 2024.

Antes de chegar ao América-MG, de onde saiu para defender o Santos, Bauermann teve problemas no Paraná em 2019. Em agosto daquele ano, ele quase se transferiu para o futebol belga, para defender o Sint-Truidense. O acerto entre os clubes estava definido, mas jogador e Paraná não chegaram a um acordo sobre o pagamento. O zagueiro não entrou em campo na reta final daquela temporada.

"Nossa profissão é feita de altos e baixos. Antes de chegar ao América-MG, eu não estava num momento muito bom até porque no final de 2019 eu terminei o ano não jogando. Eu considero esse um ponto baixo na minha carreira. Mas entendo que isso fazia parte do plano para estar aqui hoje. Consegui me preparar para que em 2020 eu começasse o ano bem, desse sequência em 2021 e agora, em 2022, tivesse essa oportunidade. Por isso considero uma volta por cima."

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por