SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2022
NA AUSTRÁLIA

Fórmula 1 só irá permitir vacinados contra a Covid-19

De acordo com Andrew Westacott, o evento não vai abrir exceções para não vacinados contra a Covid-19.

Agência Estado
Publicado em 22/01/2022 às 00:59Atualizado em 22/01/2022 às 10:02
Corrida, como de costume, será realizada no circuito de rua de Albert Park, na cidade de Melbourne (AP)

Corrida, como de costume, será realizada no circuito de rua de Albert Park, na cidade de Melbourne (AP)

A confusão envolvendo Novak Djokovic no Aberto da Austrália não se repetirá no GP de Fórmula 1 no país, em abril, garantiu o CEO da etapa australiana nesta sexta-feira, 21. De acordo com Andrew Westacott, o evento não vai abrir exceções para não vacinados contra a Covid-19.

Westacott disse que as regras e protocolos quanto à pandemia estão sendo trabalhados há alguns meses com o governo federal australiano, o governo estadual de Victoria e a própria cúpula da F-1. "As regras são simples para entrar no país e as regras são simples para realizar a F-1. Para vir para o evento, você terá que estar 100% vacinado e não haverá exceção para ninguém, vindo de ninguém", disse o CEO, em entrevista ao site Autosport.

A corrida, como de costume, será realizada no circuito de rua de Albert Park, na cidade de Melbourne, a mesma que sedia o Aberto da Austrália. Havia, portanto, temor na F-1 de que a situação protagonizada por Djokovic se repetisse na corrida marcada para o fim de semana dos dias 8, 9 e 10 de abril - será a terceira etapa do ano.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por