SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUINTA-FEIRA, 27 DE JANEIRO DE 2022
CAMPEONATO BRASILEIRO

À espera do título, Atlético-MG quer fazer a sua parte diante do Fluminense

Estadão Conteúdo
Publicado em 28/11/2021 às 07:00Atualizado em 28/11/2021 às 08:19

Cada vez mais perto do título do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG poderá ser campeão ainda nesta 36.ª rodada, porém não neste final de semana. Isso porque, além de vencer o Fluminense, neste domingo, às 16h, no Mineirão, o time mineiro precisa de um tropeço do Flamengo, que só joga na terça-feira contra o Ceará.

Com 75 pontos, o Atlético-MG lidera a competição com folga. Atualmente, a diferença para o Flamengo, que é o segundo colocado e tem 67, é de oito pontos. Caso vença e o rival direto tropece, a vantagem aumentaria ainda mais e não haveria mais pontos suficientes para ele ser alcançado, garantindo o bicampeonato nacional após 50 anos.

A missão, no entanto, não será fácil, porque o Fluminense vem embalado por duas vitórias seguidas e aparece na sétima colocação, com 51 pontos, focado em encostar no G-4 - zona de classificação para a Libertadores da próxima temporada. Por isso, uma vitória neste momento também seria de extrema importância para o clube carioca, animado após fazer 1 a 0 no Internacional no Maracanã.

De qualquer forma, o técnico Cuca não escondeu que o Atlético-MG está focado em fazer a sua parte, para depois pensar em secar os rivais. Para o duelo, mais uma vez o comandante não irá conseguir repetir a escalação da última rodada, quando empatou por 2 a 2 com o Palmeiras, em São Paulo.

Depois de sentir dores na coxa direita, o atacante Diego Costa é dúvida. Ele se junta ao zagueiro Réver, que segue em recuperação de uma lesão muscular também na perna direita.

Por outro lado, os meias Nathan e Hyoran e o atacante Savarino voltam a ficar à disposição. Os dois primeiros foram desfalques na última rodada porque tiveram contato com uma pessoa que posteriormente foi diagnosticada com covid-19. Nesta semana, fizeram exames, testaram negativo e voltaram a treinar.

Já o atacante Savarino ficou fora da partida contra o Palmeiras por questões pessoais, mas também está de volta. Ele, inclusive, irá disputar a titularidade com Vargas, caso Diego Costa não tenha condições de atuar. Na frente, Nacho Fernández atuou contra o Palmeiras e deve seguir entre os titulares, mas Keno ainda tenta recuperar a posição.

Do outro lado, o Fluminense chega para a partida com alguns problemas, já que o departamento médico segue cheio com Nino, Gabriel Teixeira, Hudson, Ganso e John Kennedy sendo desfalques certos. Com isso, a dúvida está no meio-campo, onde Nonato, Wellington e Martinelli disputam a titularidade.

Mesmo atuando contra o líder, o goleiro Marcos Felipe afirmou que a equipe irá propor o jogo para sair com um bom resultado da capital mineira. "Sabemos que jogar fora de casa não é fácil. O adversário tem a torcida apoiando e até mesmo quando não tinha torcida, tinha a questão de eles conhecerem o estádio, o gramado, o estilo de jogo deles, tem tudo isso que influencia. Mas nós vamos tentar propor o jogo para poder conseguir nosso objetivo, faremos o nosso máximo, trabalharemos para que a gente possa conseguir os três pontos lá no Mineirão."

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG x FLUMINENSE

ATLÉTICO-MG - Everson; Guga (Mariano), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Allan, Zaracho, Nacho Fernández (Keno); Vargas (Savarino) e Hulk. Técnico: Cuca.

FLUMINENSE - Marcos Felipe; Samuel Xavier, Luccas Claro, David Braz e Marlon; André, Yago Felipe e Wellington (Martinelli); Luiz Henrique, Caio Paulista e Fred. Técnico: Marcão.

ÁRBITRO - Marielson Alves Silva (BA).

HORÁRIO - 16 horas.

LOCAL - Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por