SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 06 DE JULHO DE 2022
REGULARIZAÇÃO

Receita Federal alerta para golpes ligados ao CPF

Mensagens contêm links que induzem o contribuinte a recolher uma taxa falsa para a finalidade de regularização do CPF

Da redação
Publicado em 21/06/2022 às 00:23Atualizado em 21/06/2022 às 09:13
 (Divulgação/Pixabay)

(Divulgação/Pixabay)

Um grande número de contribuintes, independentemente de sua situação no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), vem recebendo mensagens através de SMS, WhatsApp e até e-mails informando que estão com sua situação irregular junto à Receita Federal. Tais mensagens contêm links que induzem o contribuinte a recolher uma taxa falsa para a finalidade de regularização do CPF.

Por mais que se possa alegar ser um pagamento por serviço de assessoria ou algo semelhante, a forma de abordar os contribuintes, que muitas vezes nem necessitam de regularização, identificando-se como “Receita” e se utilizando do termo IRPF, assim como as cores do órgão e da bandeira nacional, induz muitas pessoas a acharem que estão tratando com um órgão oficial do Governo Federal, o que é falso.

Há casos de contribuintes que, após pagarem o valor, compareceram ao atendimento da Receita Federal e descobriram que não havia nada a ser regularizado, ou pior, que havia pendências como ausência de declaração e multas por atraso, de modo que o valor pago (no caso, R$ 275) de nada serviu.

Houve relato de um cidadão que pagou a taxa, o serviço não foi executado e ele procurou a Receita Federal. Ao fazer a pesquisa, a declaração entregue estava totalmente zerada. A empresa teria afirmado para ele que a retificação custaria mais R$ 170.

Alertas enviados pela Receita Federal não possuem link de acesso. A Instituição esclarece que a regularização do CPF é realizada gratuitamente pelo site oficial da Instituição (https://www.gov.br/receitafederal/pt-br). Ao entrar, o contribuinte deve selecionar a opção "Meu CPF", onde encontrará orientações sobre como corrigir a situação cadastral do CPF de acordo com a irregularidade encontrada no sistema.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por