SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 26 DE SETEMBRO DE 2021
A PREÇO DE OURO

10 dicas para fazer o combustível render mais no seu veículo

Com o valor dos combustíveis nas alturas - o litro da gasolina a R$ 6 e do etanol a R$ 4,59 - veja dicas para economizar na hora de abastecer e também com manutenção do veículo

Felipe NunesPublicado em 14/09/2021 às 00:42Atualizado há 14/09/2021 às 08:31
Manutenção dos veículos é essencial para quem quer economizar com combustíveis (Guilherme Baffi / 24/8/21)

Manutenção dos veículos é essencial para quem quer economizar com combustíveis (Guilherme Baffi / 24/8/21)

Tirar o carro da garagem passou a pesar mais no bolso do consumidor nesses últimos meses. Com o litro da gasolina a quase R$ 6 e o litro do etanol sendo vendido na casa dos R$ 4,59 em Rio Preto, tarefas que exigem locomoção - como ir diariamente ao trabalho, levar os filhos na escola ou ir ao supermercado - passaram a impactar ainda mais na renda das famílias. Mas se deixar o carro em casa não é um opção, existem estratégias que podem aumentar a eficiência dos veículos e reduzir os gastos com combustível.

O mecânico Emerson Aro destaca que não existe um único vilão quando se trata de gastos com combustível. Na verdade, é um conjunto de fatores que podem influenciar para uma economia maior ou não na horas de andar com o carro. Segundo o profissional, a principal orientação é conhecer o próprio veículo e saber qual sua média de consumo por litro. “Quando se tem um parâmetro, você identifica quando o consumo do veículo aumentou. Também é possível identificar se o combustível de um posto rende mais do que outro. Mas se você não tem essa média, não tem como perceber quando passa a gastar mais e nem como corrigir o que está causando esse problema”.

Outros dois pontos importantes são: deixar a manutenção do veículo sempre em dia e dirigir de maneira correta e consciente. Essas são estratégias que auxiliam no aumento da eficiência do motor e que diminuem os desperdícios. De acordo com o Selo Conpet, do Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural, fatores como a falta de manutenção, pneus descalibrados e excesso de peso nos veículos somados à direção agressiva com aceleração e frenagens bruscas podem aumentar em mais de 20% o consumo de combustível.

“A calibragem baixa dos pneus provoca maior atrito com o solo. A suspensão desalinhada, além de consumir o pneu mais rápido, também aumenta o consumo de combustível. Arrancadas e aceleração sem necessidade também gastam mais”, diz Aro.

Ar-condicionado

Usar o ar-condicionado com consciência é outro ponto que exige atenção, já que ao ligar o “ar” o compreensor e o alternador são acionados: dois geradores que aumentam o consumo de combustível. A dica é ligar o ar-condicionado após percorrer um trecho com os vidros do veículo abaixados, para que o ar quente saia. Estacionar em local com sombra também é favorável. Isso vai exigir menos do equipamento. Deixar o botão de recirculação do ar ativado é outra dica.

“Também orientamos checar a quilometragem das velas, que são responsáveis por 15% a 20% no consumo e outros itens como sonda lambda, que se ultrapassado o prazo de uso aumenta no consumo. Resumindo, é preciso fazer serviço preventivo e corretivo”.

Principais dicas

1. Manutenção

O bom funcionamento de todo carro é essencial para reduzir o consumo de combustível. Um motor mal regulado pode gastar muito mais combustível e gerar mais emissões do que um motor bem mantido.

2. Use combustível de boa qualidade

O uso de gasolina ou etanol de boa qualidade previne problemas na parte mecânica, além de aumentarem a autonomia dos veículos representando maior economia. Dê preferência a revendedoras certificadas e de confiança

3. Pé leve

Dirija com calma e evite arrancadas e freadas bruscas. No tráfego urbano, quase metade da energia necessária para impulsionar seu carro é usada na aceleração.

4. Pneus calibrados

Verifique a pressão dos pneus ao menos uma vez por mês. Calibre os pneus do seu carro conforme a recomendação do fabricante e cuide para que as rodas estejam devidamente alinhadas.

5. Balanceamento

O balanceamento do carro também deve ser feito com frequência e, principalmente ao trocar os pneus.

6. Evite peso excessivo

Lembre-se de retirar itens desnecessários do carro, principalmente no porta-malas, que aumentam o peso do veículo. Peso adicional exige mais potência do motor, aumentando o consumo de combustível.

7. Ponto morto

Não deixe o carro em ponto morto, seja durante uma descida íngreme ou parado no trânsito. Quando estiver em um congestionamento, desligue o motor mesmo que seja por pequenos intervalos.

8. Ar condicionado

Use o ar-condicionado com moderação, já que ele aumenta significativamente o consumo de combustível já que exige mais força do motor. No perímetro urbano, o consumo pode ser ainda maior.

9. Rotações baixas

Dirigir o veículo em rotações muito altas acelera o gasto de combustível.  Portanto, a dica é respeitar a troca de marchas

10. Não deixe o pé no freio

Descansar o pé no freio enquanto está ao volante também potencializa o gasto

de combustível

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por