SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 16 DE OUTUBRO DE 2021
CARROS ECONÔMICOS

Ranking do Inmetro indica quais são os carros mais econômicos

Veja ranking com os veículos mais eficientes de 2021, ou seja, aqueles que consomem menos combustível para rodar na cidade e na estrada

Marcelo Ferri
Publicado em 18/09/2021 às 00:20Atualizado em 18/09/2021 às 02:28

O consumo de combustível é sempre um fator avaliado por quem planeja comprar ou trocar de veículo. Com os preços do etanol e da gasolina nos atuais patamares, o quesito ganha ainda mais importância e peso na decisão de muita gente. Em Rio Preto, o litro da gasolina chega perto de R$ 6 e o do derivado de cana-de-açúcar, está em torno de R$ 4,60.

A partir de dados do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (InMetro), o Diário traz uma lista com os automóveis bicombustíveis mais econômicos de 2021. O veículo considerado o mais eficiente deste ano é o Chevrolet Onix Plus, classificado como médio e cujo valor é a partir de R$ 69 mil. Com gasolina, faz 14,3 quilômetros por litro na cidade e 17,7 quilômetros por litro na estrada. Se a escolha for pelo etanol, roda 10,1 quilômetors por litro na cidade e 12,5 km/l na rodovia.

Dos modelos apresentados no ranking, cinco aparecem na lista dos 20 veículos mais vendidos no primeiro semestre, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). São eles: Fiat Argo (3º), Chevrolet Onix (4º), Fiat Mobi (6º), Renault Kwid (11º) e Chevrolet Onix Plus (13º). A lista traz veículos leves das categorias: subcompactos, compactos, médios e utilitários esportivo compactos.

Os carros são testados em condições padrão de laboratório estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) na Norma Brasileira (NBR) 7024, que trata do método para a medição do consumo de combustível de veículos automotores leves com motores de combustão interna. Os ensaios simulam o uso no trânsito urbano e em estrada.

Com base em vários critérios, os veículos recebem etiquetas, que são fixadas no para-brisas, com informações sobre a classificação e com os números de consumo obtidos nos testes controlados. A classificação começa com a nota A (mais eficiente) e vai até a nota E (menos eficiente).

A eficiência energética é medida em megajoules por quilômetro (MJ/km) e significa a quantidade de energia necessária para mover o automóvel por um quilômetro. Ou seja, quanto menor o valor do consumo energético, mais o veículo é capaz de rodar com um litro de combustível. Na prática significa menos gastos nos postos de combustíveis e menos emissão de poluentes.

Os veículos que apresentam melhor eficiência energética recebem o selo Conpet do Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural.

A lista dos veículos mais econômicos de 2021 traz modelos em diferentes versões. Em comum o fato de serem equipados com motor bicombustível (etanol/gasolina) e de terem obtido o selo Conpet de eficiência energética com classificação AA, de melhor desempenho dentro da categoria a que pertencem e também na comparação absoluta geral.

A categoria de carros elétricos, apesar de apresentar modelos com classificação PBE máxima (AA) e melhor eficiência energética que os Flex, ficou de fora do ranqueamento por causa dos preços nada econômicos praticados no mercado nacional.

Eficiência energética

1. Chevrolet Onix Plus

Versões 2LT, 8LT, 5LT e 1LT, motor 1.0-­12V Flex, transmissão manual de seis marchas, ar-condicionado e direção elétrica.

Consumo com etanol: 10,1 km/l (cidade) e 12,5 km/l (estrada).

Com gasolina: 14,3km/l (cidade) e 17,7 km/l (estrada)

Consumo energético: 1,34 MJ/km

Preço de tabela: A partir de R$ 69.060

2. Renault Kwid

Versões Intense, Life e Zen, motor 1.0-­12V Flex, transmissão manual de cinco marchas, ar-condicionado e direção elétrica.

Consumo com etanol: 10,3 km/l (cidade) e 10,8 km/l (estrada).

Com gasolina: 14,9 km/l (cidade) e 15,6 (estrada)

Consumo energético: 1,39 MJ/km

Preço de tabela: A partir de R$ 43.621

3. Chevrolet Onix

Versões 2LT, 8LT, 5LT, 1LT e 1LS, motor 1.0-­12V Flex, transmissão manual de seis marchas, ar-condicionado e direção elétrica.

Consumo com etanol: 9,9 km/l (cidade) e 11,7 km/l (estrada).

Com gasolina: 13,9 km/l (cidade) e 16,7 km/l (estrada)

Consumo energético: 1,40 MJ/km

Preço de tabela: A partir de R$ 62.264

4. Chevrolet Onix Plus Turbo

Versões LTZ e 3LT, motor 1.0-­12V Turbo Flex, transmissão manual de seis marchas, ar-condicionado e direção elétrica.

Consumo com etanol: 9,6 km/l (cidade) e 12,2 km/l (estrada).

Com gasolina: 13,7 km/l (cidade) e 17 km/l (estrada)

Consumo energético: 1,41 MJ/km

Preço de tabela: A partir de R$ 69.060

5. Fiat Mobi

Versão Like, motor 1.0-6V Flex, transmissão manual de cinco marchas, ar-condicionado e direção hidráulica.

Consumo com etanol: 9,7 km/l (cidade) e 11,5 km/l (estrada).

Com gasolina: 13,8 km/l (cidade) e 16,4 km/l (estrada).

Consumo Energético: 1,43 MJ/km

Preço de tabela: A partir de R$ 55.990

6. Peugeot 208

Versões Active, Allure e Griffe, motor 1.2­12V Flex, transmissão manual de cinco marchas, ar-condicionado e direção elétrica.

Consumo com etanol: 9,6km/l (cidade) e 10,7 km/l (estrada).

Com gasolina: 13,9 km/l (cidade) e 15,5 km/l (estrada)

Consumo energético: 1,46 MJ/km

Preço de tabela: A partir de R$ 91.490

7. Chevrolet Onix Turbo

Versões 3LT e LTZ. Motor 1.0­12V Turbo Flex, transmissão manual de seis marchas, ar-condicionado e direção elétrica.

Consumo com etanol: 9,4 km/l (cidade) e 11,2 km/l (estrada).

Com gasolina: 13,5 km/l (cidade) e 16 km/l (estrada)

Consumo energético: 1,47 MJ/km

Preço de tabela: A partir de R$ 75.960

8. Fiat Argo

Versão Drive, motor 1.0­6V Flex, transmissão manual de cinco marchas, ar-condicionado e direção elétrica.

Consumo com etanol: 9,8 km/l (cidade) e 10,3 km/l (estrada).

Com gasolina: 14,2 km/l (cidade) e 14,5 km/l (estrada)

Consumo energético: 1,48 MJ/km

Preço de tabela: A partir de R$ 66.990

Fonte: Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (InMetro) e Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)

Consumidora aprova escolha

Gleice escolheu trocar de carro por outro do mesmo modelo

A economia de combustível do carro novo tem deixado a assistente-administrativa Gleice Prado Prevedel bem satisfeita com a escolha. "Com o preço do combustível e de tantas outras coisas nas alturas, ter um carro econômico é tudo o que precisamos”.

Dona de um Renault Kwid versão Zen do ano – o segundo veículo bicombustível com melhor eficiência energética do Brasil, ela conta não estar surpresa com o baixo consumo da aquisição. “Comprei um em 2017 e quando resolvi trocar, não tive dúvidas, comprei outro”.

Classificando como ótima a relação custo-benefício, Gleice conta que uma semana depois de tirar o carro da concessionária, foi para Campos do Jordão. “Serviu para comprovar a eficiência. É um carro que indico para quem quer economizar com combustível”.

A opção por veículos bicombustíveis econômicos tem exigido paciência dos consumidores. O prazo de entrega tem variado de 30 até 120 dias nas concessionárias de Rio Preto.

O único veículo da lista à disposição para pronta entrega é o Fiat Mobi. Mas dependendo da cor, o jeito é esperar entre 30 e 90 dias. O Fiat Argo tem levado de um a três meses para ser entregue. O motivo é a baixa produção na fábrica.

O prazo de entrega do Peugeot 208 tem variado entre 60 e 120 dias, dependendo da cor. É o mesmo período para quem optar por um Kwid. A Chevrolet, marca responsável por maior parte dos carros que integram a lista, tem levado de 45 a 60 dias para entregar versões de entrada do Onix e do Onix Plus. (MF)

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por