SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 04 DE DEZEMBRO DE 2021
MERCADOS

Dólar sobe 1,92% e fecha em R$ 5,6676 nesta quinta-feira, 21

O dólar chegou a superar a casa de R$ 5,69, ao tocar na máxima de R$ 5,6905 (+2,33%). No fim da sessão, o dólar era negociado em alta de 1,92%, a R$ 5,6676, maior valor desde 14 de abril (R$ 5,6705)

Agência Estado
Publicado em 21/10/2021 às 22:23Atualizado em 22/10/2021 às 09:10
Dólar, moeda americana (Arquivo)

Dólar, moeda americana (Arquivo)

O mercado doméstico de câmbio foi atingido nesta quinta-feira, 21, pelo o que analistas costumam chamar de tempestade perfeita. Aos sinais inequívocos de que o governo Jair Bolsonaro está disposto a usar expedientes para driblar o teto de gastos, na tentativa de se cacifar para a corrida eleitoral, somou-se nesta quinta uma onda de fortalecimento global da moeda norte-americana que castigou divisas emergentes.

O dólar chegou a superar a casa de R$ 5,69, ao tocar na máxima de R$ 5,6905 (+2,33%). No fim da sessão, o dólar era negociado em alta de 1,92%, a R$ 5,6676, maior valor desde 14 de abril (R$ 5,6705). 

No pior momento, com dólar perto de R$ 5,70 na máxima do dia, o Ibovespa mergulhou 4,58%, a 105.713,81 pontos, menor nível intradia desde 20 de novembro de 2020. O índice encerrou esta quinta-feira um pouco mais "acomodado", em queda de 2,75%, a 107.735,01 pontos. Na semana, as perdas chegam agora a 6,03%, com as do mês a 2,92% - no ano, o índice cede 9,48%.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por