SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 19 DE AGOSTO DE 2022
TEXTO-BASE

Câmara aprova MP que permite saque do vale-alimentação após 60 dias

Os deputados ainda vão analisar destaques - sugestões de mudanças - e, depois, o texto vai ao Senado

Agência Estado
Publicado em 03/08/2022 às 22:57Atualizado em 04/08/2022 às 08:54
Paulinho da Força: texto final é resultado de uma ampla negociação (Billy Boss/Câmara dos Deputados)

Paulinho da Força: texto final é resultado de uma ampla negociação (Billy Boss/Câmara dos Deputados)

A Câmara aprovou nesta quarta-feira, 3, a possibilidade de o trabalhador sacar o vale-alimentação após 60 dias. Foram 248 votos favoráveis e 159 contrários ao texto-base da medida provisória (MP).

O relator, deputado Paulinho da Força (Solidariedade-SP), tinha a intenção de permitir o pagamento do benefício em dinheiro de forma imediata, mas recuou na terça-feira após uma reunião de líderes partidários com o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL). Os deputados ainda vão analisar destaques - sugestões de mudanças - e, depois, o texto vai ao Senado.

O governo tentou barrar a medida, mas não teve força no plenário. Nos bastidores, após a apresentação do parecer do relator na terça, aliados do Palácio do Planalto já admitiam a derrota. O texto aprovado pelos deputados também permite que o funcionário faça a portabilidade gratuita do serviço, ou seja, a troca da bandeira do cartão. Determina, ainda, que o benefício só pode ser usado para o pagamento de refeições em restaurantes ou estabelecimentos similares, além de alimentos comprados no comércio.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por