SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 22 DE MAIO DE 2022
Comportamento

...Dias melhores virão

Fazer um balanço e definir metas ajudará a restabelecer sua saúde emocional

Gisele Bortoleto
Publicado em 29/12/2019 às 00:30Atualizado em 08/06/2021 às 00:59
 A cada 12 meses as pessoas vão atrás de recursos que ajudem a começar o novo ciclo  (Freepik/Divulgação)

A cada 12 meses as pessoas vão atrás de recursos que ajudem a começar o novo ciclo (Freepik/Divulgação)

Daqui a pouco 2020 vai chegar com toda a força, cheio de vontade e boas energias. Todo fim de ano é a mesma coisa. Você se encheu de planos para 2019, mas ao parar para fazer o balanço, vê que não conseguiu cumpri-los. Olha para sua casa e para sua vida e repara que ainda está tudo igual, nada aconteceu e a energia permanece estagnada.

A cada 12 meses, as pessoas vão atrás de recursos que ajudem a começar o novo ciclo de uma forma mais produtiva e saudável. Para evitar os mesmos erros, saiba que a mudança depende de você. Que tal aproveitar que ainda falta um pouquinho de tempo e começar a transformação com calma?

"Nesse sentido, a busca por saúde mental é fundamental em meio a uma realidade de números alarmantes sobre o assunto", explica a psicóloga Melina Cury Haddad. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que 300 milhões de pessoas sofrem com a depressão ao redor do mundo. Não à toa, essa será a doença mais incapacitante do planeta a partir de 2020.

A boa notícia é que, com algumas medidas que só dependem de você, sua saúde emocional pode ser restabelecida.

A especialista em motivação e organização Gail Blanke explica no livro "Jogue Fora 50 Coisas - Livre-se da bagunça, simplifique seu dia a dia e torne sua vida mais feliz" (Ed. Ediouro) que tanto o lixo material como o lixo mental não são tão inofensivos quanto parecem ser e que temos que celebrar a importância do ato de jogar as coisas fora em nossas vidas. "Não damos atenção suficiente ao sentimento de leveza e orgulho que o ato de jogar fora certas coisas proporciona. Você não pode avançar para o futuro quando é constantemente arrastado para trás, para o passado", explica Blanke.

Temos de reconhecer a importância do que proporciona o ato de jogar as coisas fora e a conquista ou sensação de leveza que isso traz. Infelizmente, explica a autora, não dirigimos a força desse espírito novo e mais leve para nos empurrar para frente.

Antes de começar a limpeza na sua vida, você deve conhecer as regras do desapego. "Jogar fora o que é negativo ajuda a redescobrir o que é positivo. Quando jogamos fora o lixo material, limpamos nossas mentes. Quando jogamos fora o lixo mental, lavamos nossas almas", ressalta a especialista.

As regras são simples. Se determinada coisa (seja objeto, crença ou convicção, lembrança, trabalho e até uma pessoa) é um peso para você, a deixa imobilizada ou até simplesmente faz com que você se sinta mal consigo mesma, a autora recomenda que você jogue fora, dê para alguém, venda ou deixe para trás para poder seguir em frente. O mesmo vale para as coisas que irá jogar fora simplesmente porque ficam ali largadas, ocupam espaço e não acrescentam nada de positivo a sua vida.

"Você não tem tempo, energia ou espaço para lixo material e psicológico. Além disso, não procure tornar difícil a decisão de se livrar ou não de alguma coisa. Se você tiver que pesar os prós e os contras por muito tempo ou ficar angustiada pensando sobre o que é certo fazer, não perca tempo, jogue fora", recomenda a autora no livro.

Comece agora

Viva o presente: A melhor forma de entrar no novo ano com boa saúde mental é começar agora, buscar esse bem-estar no momento presente; Cuide do corpo: Corpo e mente andam juntos, estão conectados. Pratique atividade física regularmente, tenha alimentação saudável e noites de sono reparadoras, gerencie o estresse diário, cuidar dos pensamentos, estabeleça relações de amizades, converse com amigos, tenha momentos prazerosos e atividades de lazer diariamente; Encerre ciclos: A virada de ano traz esse momento de renovação da esperança. É o fechamento de um ciclo e início de outro, então tendemos a ficar mais esperançosos e motivados para enfrentar os desafios que virão no ano que se inicia. É a hora de tomar um "fôlego", respirar e projetar coisas positivas; Evite expectativas exageradas: Quando estamos motivados, algumas expectativas podem ser muito elevadas e futuramente trazer decepções. A melhor forma é sempre avaliar se nossa expectativa é real ou ideal; Afaste o que faz mal: Evite o que te faz mal. Cada um deve pensar e fazer uma avaliação daquilo que não lhe cai bem; Faça um balanço de 2019: É sempre positivo fazer um balanço de nossas vidas, principalmente em momentos de mudanças de ciclo. Uma ideia é desenhar uma linha do tempo, com os momentos mais marcantes do ano; o que aconteceu de importante e como enfrentou a situação; o que foi bom e o que não foi. Isso ajuda a fazer o balanço e aprender com as coisas positivas e dificuldades que passamos; Estabeleça metas reais: Estabelecer metas pode ser positivo, desde que sejam reais e possíveis de serem alcançadas.

Fonte: Melina Cury Haddad

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por