SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 09 DE AGOSTO DE 2022
Novidade

Beneficência Portuguesa apresenta novo Centro de Tratamento de Feridas em Rio Preto

Nova ala de serviço do hospital atenderá casos de feridas de difícil resolução. Evento de inauguração acontece neste sábado, 06 de agosto

Conteúdo Patrocinado por Beneficência Portuguesa
Publicado em 05/08/2022 às 09:37Atualizado em 05/08/2022 às 09:38
Hospital contará com nova ala de atendimento focada em feridas complexas (Divulgação)

Hospital contará com nova ala de atendimento focada em feridas complexas (Divulgação)

O Hospital Beneficência Portuguesa de Rio Preto, conhecido por atender toda a cidade e região, além de possuir grande tradição quando o assunto é inovação e tecnologia, inaugura neste sábado, 06, o Centro de Tratamento de Feridas, que atenderá pacientes com casos de ferimentos de difícil resolução. O evento, que acontecerá no salão nobre do hospital, mostrará aos médicos das áreas de cirurgia plástica, cirurgia geral, ortopedia e cirurgia vascular o que há de mais moderno no tratamento de feridas complexas, além do Centro de Hiperbárica e o Dermapace, aparelhos de última geração que compõe o espaço.

A decisão de investir no novo serviço foi da diretoria do hospital rio-pretense, buscando novas soluções em tratamentos de última geração a fim de atender os pacientes com aquilo que há de melhor na medicina.

De acordo com o Dr. Sergio Augusto Alves de Oliveira, cirurgião plástico, cranio-maxilo-facial e chefe do novo serviço implementado, o local atenderá os pacientes através de agendamento na própria Beneficência ou por clínicas conveniadas ao serviço.

“O atendimento de pessoas não internadas será através de agendamento pela Beneficência e pelas clínicas dos médicos do serviço, que estará aberto a todas as pessoas que apresentem feridas complexas de difícil resolução como pé diabético, feridas pós-radioterapia, lesões graves infectadas, escaras, queimaduras, pós-operatórios de grandes cirurgias, sequelas e todos que precisem de atenção especializada”, afirma o cirurgião.

Infraestrutura e corpo médico

Oferecendo uma infraestrutura completa para atendimentos ambulatoriais e cirúrgicos, o Centro de Tratamento de Feridas ainda conta com uma equipe multidisciplinar de cirurgiões plásticos, ortopedista especializado em transplante de células-tronco, bucomaxilofacial e enfermeiros com conhecimentos em curativos e estomaterapia que trabalham de forma integrada para avaliar, acompanhar e tratar os mais diversos tipos de feridas.

Uma ala do hospital será readequada especificamente para a instalação do setor de Câmara Hiperbárica (método de tratamento em que o paciente respira uma grande quantidade de oxigênio com uma pressão atmosférica maior do que o normal, fazendo com que haja um aumento da circulação sanguínea e estimulando o crescimento de células saudáveis) e Dermapace (sistema de ondas de choque de última geração que auxilia o paciente no tratamento de úlceras de pé diabético e na cicatrização de feridas). O local possuirá inúmeros dos mais atuais aparelhos para cuidar, tratar e acelerar a cicatrização de feridas complexas, motivo de orgulho para Dr. Sergio.

“Com a criação desse centro especializado estamos à altura dos grandes hospitais de São Paulo e Rio de Janeiro, inclusive por termos em nosso arsenal o Dermapace, sendo esse um dos seis aparelhos que existem no país. Ele produz ondas de choque, induzindo a cicatrização de feridas em menor tempo”, diz o responsável pelo novo serviço.

Dr. Sergio Augusto Alves de Oliveira, chefe do novo Centro de Tratamento de Feridas (Johnny Torres)

Feridas complexas

As feridas complexas são consideradas de difícil resolução e cicatrização, se classificando em crônicas ou agudas. As feridas crônicas são decorrentes de comorbidades preexistentes, como alguma doença genética. Já as agudas são aquelas causadas por traumas, queimaduras ou qualquer agente externo que tenha agido sobre a pele. Elas necessitam de tratamentos diferenciados, muitas vezes com auxílio de alta tecnologia e técnicas únicas. A procura por um Centro de Tratamento de Feridas sempre é recomendada em ambos os casos, principalmente por pessoas com enfermidades sistêmicas, como conta o Dr. Sérgio.

“É importante que pessoas com doenças sistêmicas como diabetes, problemas de pele e pacientes acamados procurem ajuda ao primeiro sinal de que um ferimento não está cicatrizando normalmente. O atendimento primário é fundamental para que esse ferimento não se complique e leve a piores consequências como amputação e óbito”, finaliza o cirurgião.

Serviço
Hospital Beneficência Portuguesa

Rua Luiz Vaz de Camões, 3150
São José do Rio Preto – SP
Te. (17) 2139-1800
www.beneriopreto.com.br

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por