SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 03 DE DEZEMBRO DE 2021
ARTE E FILOSOFIA

Professora do Ibilce/Unesp traduz ensaio de filósofo iluminista

Professora e egressa do Ibilce/Unesp publicam em e-book da tradução para o português de um ensaio do filósofo iluminista Denis Diderot

Harlen Felix
Publicado em 20/05/2021 às 20:57Atualizado em 05/06/2021 às 23:37
Egressa do Ibilce/Unesp, Letícia Iarossi participou da tradução (Divulgação)

Egressa do Ibilce/Unesp, Letícia Iarossi participou da tradução (Divulgação)

Um dos nomes referenciais da filosofia no período iluminista, o francês Denis Diderot (1713-1784) é alvo de uma importante publicação em língua portuguesa que envolve uma professora e uma egressa do curso de Letras/Tradução do Ibilce/Unesp, em Rio Preto. Trata-se de "O Passeio Vernet", uma tradução inédita no Brasil de texto original de Diderot de 1767 que a editora Editacuja lança em formato de e-book nesta sexta-feira, 21. A obra tem organização, tradução e notas de Flávia Falleiros e cotradução de Letícia Iarossi. 

O e-book - que traz a tradução de um ensaio em que o filósofo francês passeia pelo São de Arte de Paris e "engana" o leitor ao descrever quadros do pintor Claude Joseph Vernet (1714-1789) como se fosse a paisagem pela qual ele passa - ainda conta com o ensaio "Arte, Natureza, Religião e Sociedade", de autoria de Flávia, professora do Ibilce/Unesp desde 2009. Nele, ela trata da importância do século XVIII e do pensamento do filósofo especialmente para as ciências humanas e também para a estética e a crítica de arte.

Para Flávia, a obra revela a importância do trabalho da tradução para a sociedade e o potencial do campus rio-pretense da Unesp, que, segundo ela, conta com um dos melhores cursos do País. "A tradução nos permite romper com as fronteiras linguísticas, como, ainda, no caso de textos mais antigos, como esse de Diderot, com barreiras temporais, dando-nos acesso a ideias, costumes e modos de vida desconhecidos em nosso tempo", pontua a professora, que, na live de lançamento da publicação digital, programada para as 14h, no Youtube da Editacuja , receberá Michel Delon, professor emérito da Université Sorbonne IV Paris, abordando a relevância do pensamento de Diderot na contemporaneidade.

A pesquisa acadêmica que resultou na tradução do ensaio crítico de Diderot foi viabilizada com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), bem como sua publicação financiada pelo Proex-Capes, por meio do Programa de Pós-graduação em Letras do Ibilce/Unesp. "Esse trabalho de pesquisa se aliou a uma atividade docente, pois foi realizado com uma bolsa de treinamento técnico da Fapesp, que obtive para que uma egressa da Unesp realizasse parte dele sob minha orientação. Esta jovem [Letícia Iarossi] formada pela Unesp cursou um dos melhores e mais bem avaliados bacharelados do Brasil na área de tradução: o curso de Letras com bacharelado de tradutor de Rio Preto", atesta a professora.

Entre os desafios para traduzir o texto de Diderot, Flávia aponta o distanciamento temporal. "As línguas são vivas e se transformam com o passar do tempo, sujeitando-se a transformações de natureza lexical e gramatical. Nesse sentido, a tradução colocava o desafio de trazer do francês do século XVIII para um leitorado do século XXI, numa sociedade muito diversa daquela em que o original foi escrito, um conteúdo que pudesse continuar atrativo", destaca. "A essa dificuldade, soma-se a natureza peculiar dos textos de Diderot: trata-se de um filósofo e, sejam quais forem os assuntos sobre os quais escreve, ele sempre reflete filosoficamente, integrando a seu léxico conceitos da filosofia próprios do tempo histórico em que viveu. Outra dificuldade, enfim, diz respeito ao estilo de Diderot nesse texto, repleto de frases longas, pontuadas de modo muito peculiar", completa.

Após o lançamento de "O Passeio Vernet", o e-book poderá ser baixado gratuitamente no site da Editacuja:  editacuja.com.br .

Por dentro do Iluminismo

O Iluminismo, conhecido como Século das Luzes e Ilustração, foi um movimento intelectual e filosófico que dominou o mundo das ideias na Europa durante o século XVIII, o "O Século da Filosofia". Ele incluiu uma série de ideias centradas na razão como a principal fonte de autoridade e legitimidade, defendendo ideais como liberdade, progresso, tolerância, fraternidade, governo constitucional e separação Igreja-Estado.

Flávia Falleiros é professora do Ibilce/Unesp desde 2009 (Divulgação)
E-book 'O Passeio Vernet' será lançado em live da Editacuja nesta sexta, 21 (Reprodução)
 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por