SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEXTA-FEIRA, 03 DE DEZEMBRO DE 2021
REI DO BAIÃO

Turnê Lua homenageia Luiz Gonzaga na região de Rio Preto

Cris Duarte é responsável pela concepção, roteiro e produção do show

Rita Fernandes
Publicado em 15/09/2021 às 22:16Atualizado em 16/09/2021 às 08:51

A cantora e artista plástica Cris Duarte inicia hoje a “Turnê Lua - Vida e Obra do Rei do Baião”, que homenageia Luiz Gonzaga. O cantor é um dos principais nomes da Música Popular Brasileira e responsável por popularizar a sanfona e o acordeon ao apresentar o baião, xote, xaxado e o forró pé de serra aos quatro cantos do País.

Segundo Cris Duarte, o objetivo da turnê é levar um pouco da história de Luiz Gonzaga ao público, contando como foi a trajetória deste renomado nordestino e as histórias por trás das canções. No espetáculo, o ator Ander Niels interpreta um retirante, que vai narrando as memórias e conduzindo a banda responsável pela parte musical e composta por João Napoleon (sanfona), Claudio Junbass (contrabaixo), Gustavo Paullucci (viola caipira), Vinicius Lima (bateria), Edison Domingos (arranjos) e Cris Duarte (vocal). Ela também é responsável pela concepção, roteiro e produção.

O trabalho inclui a participação de Sandro Takahashi (técnica), Guto Vargas (audiovisual) e Thaisy Rodrigues (tradução em libras). “Tudo remete à simplicidade, que foi o que Luiz Gonzaga sempre trouxe na carreira dele. É um show simples, porém muito tocante, especialmente por quem não conhece a carreira dele”, diz. “Muitas pessoas conhecem a música, mas não a história de como ela nasceu”, explica.

Cris Duarte conta que a concepção do espetáculo começou em 2018, quando ela foi contemplada com o prêmio Nelson Seixas em duas categorias, sendo artes visuais e música.

“Eu tinha a ideia de fazer algo homenageando o Rei do Baião no dia 13 de dezembro, que é o Dia Nacional do Forró e aniversário dele. Como fui contemplada em duas categorias, tive que optar por uma, e optei pelas artes visuais. Na época, fiz uma exposição e dei aulas de pintura, mas a semente já estava plantada. Eu já estava apaixonada pela ideia do show”, afirma.

O plano era colocar um instrumento convidado fora da formação tradicional do forró pé de serra, que é sanfona, triângulo e a zabumba. Cris conseguiu realizar a primeira edição do show, chamado “O Cancioneiro de Lua”, em dezembro de 2018, na praça Dom José Marcondes, em Rio Preto.

“Depois disso, a gente sempre fez algo, próximo ao mês de dezembro, para relembrar toda essa obra, tão maravilhosa, tão rica, tão brasileira e atemporal. No segundo ano, nós tivemos a ideia de um festival, juntando tudo. E, agora, a gente teve a felicidade de ser contemplado pelo Proac LAB, com a possibilidade de girar as cidades da região levando esse show”, comemora.

O desejo de homenagear o Rei do Baião acompanha Cris desde a infância, por influência dos avós, que são de Exu - terra Natal do pernambucano. “A paixão pela cultura nordestina vem de família, porque meu avô chegou a conviver com Luiz Gonzaga. Meu avô, que era apaixonado por toda obra, me passou essa bagagem cultural tão rica”, revela. O show vai percorrer Bálsamo, Ubarana, Catanduva e Potirendaba, sempre respeitando as medidas de segurança e público reduzido. O ingresso é trocado por 1kg de alimento.

Agenda

Hoje, às 20h – Rio Preto

Teatro Nelson Castro

Dia 17, 20h – Bálsamo

Centro de Lazer do Trabalhador

Dia 22, às 19h – Ubarana

Casa de Cultura

Dia 23, às 20h – Catanduva

Teatro Municipal Aniz Pachá

Dia 24, às 20h – Potirendaba

Centro de Eventos

Dia 30, às 20h – Rio Preto

Teatro Nelson de Castro

Ingresso: 1kg de alimento

Informações: (17) 9.8130-3465

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por