SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 26 DE SETEMBRO DE 2021
ARTE

Sesc Catanduva democratiza acesso à música erudita

Maestro Sérgio Alberto de Oliveira vai falar sobre coral na música popular

Rita FernandesPublicado em 13/09/2021 às 22:51Atualizado há 14/09/2021 às 08:48
Maestro Sérgio Alberto de Oliveira regeu centenas de concertos (Divulgação / Alexandre Paiva Barreto)

Maestro Sérgio Alberto de Oliveira regeu centenas de concertos (Divulgação / Alexandre Paiva Barreto)

O maestro Sérgio Alberto de Oliveira, diretor artístico do Coral da USP de Ribeirão Preto, é o convidado do Sesc Catanduva para ministrar a oficina “Cantar online também é bom”, que será realizada hoje e quinta-feira (16), das 20h às 21h30, pelo Circuito Sesc de Artes 2021 - Praças Digitais. O encontro virtual, que acontecerá pela plataforma Zoom Meet, é uma forma de democratizar a música erudita, já que o evento é aberto ao público, mediante inscrições pelo link inscricoes.sescsp.org.br.

A proposta é que o maestro converse sobre o repertório coral na música popular brasileira, incluindo arranjos históricos do Maestro Pedro Pelegrino, de Bebedouro. Além disso, deverá apresentar as conquistas técnicas do trabalho online, proporcionando atividades práticas para um retorno mais efetivo das atividades corais ao formato presencial.

Pianista, regente, compositor, arranjador e produtor, Sérgio Alberto de Oliveira regeu centenas de concertos de coro e de orquestra, tendo levado seus grupos corais a diversas turnês pelo Brasil e exterior.

Conto

Outro destaque da programação do Sesc Catanduva é a oficina “Contos de ancestralidade e o prazer da oralidade”, com a pedagoga e contadora de histórias Sheila Rocha. Para esta atividade foram criadas três turmas, com dois encontros cada - sempre das 18h30 às 19h30, pela plataforma Zoom Meet. Hoje e amanhã será a vez a Turma 2, e quinta e sexta-feira (16 e 17) será a vez da Turma 3. Os interessados devem fazer as inscrições pelo link inscricoes.sescsp.org.br.

Nos encontros, Sheila Rocha irá usar o livro "Contos que curam" para interagir as emoções e as histórias dos participantes, com metodologias que podem ser aplicadas em diferentes contextos. A proposta é resgatar o prazer do contar histórias, do vivenciar e da busca pela ancestralidade.

A programação completa do Circuito Sesc de Artes 2021 está disponível no site www.sescsp.org.br/circuitodeartes. Todas as sessões serão gravadas e terão exibição diária no Youtube do Sesc.

Rio Preto tem encontros virtuais

Márcia Kambeba é destaque

O diretor teatral Francis Wilker vai comandar, ao vivo, a oficina virtual “Quando o teatro encontra a cidade”, que será realizada hoje, às 19h30, pela plataforma Zoom Meet. O encontro, que também será realizado nesta quinta e sexta-feira (16 e 17), faz parte da programação Circuito Sesc de Artes 2021 - Praças Digitais do Sesc Rio Preto.

O objetivo é abordar as possibilidades criativas do encontro entre a cena e a cidade, de forma que os participantes sejam estimulados a refletir sobre as perspectivas poéticas, procedimentos de criação e potências dramatúrgicas em projetos artísticos. As aulas partem de três eixos conceituais: história e memória dos espaços, corpo-cidade e possibilidades de encenação no espaço urbano. A atividade é destinada a pessoas com mais de 16 anos, mediante inscrições pelo link sescsp.org.br/inscricoes. As vagas são limitadas. 

Outra atração é a oficina “Histórias para Curumins”, que acontecerá hoje, quinta-feira (16) e domingo (19) - sempre às 13h, pelo Facebook e Youtube do Sesc Rio Preto.

O encontro virtual terá apresentação de vídeos gravados em que Cristino Wapichana, Márcia Kambeba e Daniel Monduruku - todos autores de origem indígena – narram as histórias que gostavam de ouvir ainda pequenos, quando eram curumins. Márcia, que nasceu na aldeia Ticuna, do povo Omágua/Kambeba, conta que é bisneta de boto. (RF)

Sheila Rocha usa o livro "Contos que curam" para interagir (Divulgação / Maju Malavaes)
 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por