SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 25 DE SETEMBRO DE 2021
REVELANDO SP

Jovem rio-pretense avança em concurso de viola caipira

Salomão Nassif, de 15 anos, está entre os 50 selecionados para a segunda fase do Revelando SP

Harlen FelixPublicado em 17/07/2021 às 08:08Atualizado há 17/07/2021 às 08:08
Aos 15 anos, Salomão Nassif participa de seu primeiro concurso de viola (Alexandre Churchil/Divulgação)

Aos 15 anos, Salomão Nassif participa de seu primeiro concurso de viola (Alexandre Churchil/Divulgação)

Cria do Projeto Guri, o rio-pretense Salomão Nassif, de 15 anos, está fazendo bonito em seu primeiro concurso de viola caipira. Ele está entre os 50 violeiros e violeiras selecionados para a segunda etapa do Concurso de Viola Caipira Revelando-SP, iniciativa da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa que tem realização da Associação Amigos da Arte.

Salomão se dedica ao estudo da viola caipira há mais de dois anos, sendo incentivado pelo seu atual professor no Guri, o violeiro Junior Crestani, a participar do Revelando-SP. “Aprendo muita coisa com ele [Junior Crestani], e até fiz aulas particulares durante a pandemia”, conta o jovem, que teve na viola a grande companheira durante o isolamento social. “Estudo quase toda hora [risos]”, brinca.

O violeiro rio-pretense cumpriu a primeira etapa do concurso com um vídeo em que apresenta um pot-pourri de pagodes. “Estou muito feliz pela seleção. Valeu a pena se dedicar aos estudos. É o primeiro concurso que participo”, comemora. Agora, o vídeo de Salomão, assim como dos outros violeiros e violeiras que estão na disputa, serão disponibilizados para votação popular, e os dez melhores vão participar da final, que será feita de forma presencial em São Paulo. Ainda não foram divulgadas as datas das próximas etapas.

Salomão lembra que, quando ingressou no Projeto Guri, o violão era o instrumento que queria aprender a tocar. “Mas a procura pelo violão é muito grande. Comecei a fazer aulas de viola caipira até que surgisse uma vaga de violão, mas me apaixonei por esse instrumento. É um dos mais lindos da música, e, claro, é o símbolo maior da cultura do nosso interior paulista e do Brasil”, comenta.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por