SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 05 DE DEZEMBRO DE 2021
Classificados

Corretores comentam quais as áreas mais valorizadas de Rio Preto

Compradores têm dado preferência a áreas nobres na hora de comprar um imóvel na cidade

Da Redação
Publicado em 24/10/2021 às 00:00Atualizado em 22/10/2021 às 19:21
Salvione, corretor de imóveis de alto padrão em Rio Preto (Divulgação)

Salvione, corretor de imóveis de alto padrão em Rio Preto (Divulgação)

Pesquisa feita pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (CreciSP) já revelou que as casas são a preferência de quem compra imóvel em Rio Preto. A pesquisa, que consultou 63 imobiliárias e corretores de Rio Preto e região, mostra que, nas vendas de imóveis usados, as casas são as mais procuradas, representando 72,97% das negociações. Além disso, os números indicam que a maioria dos compradores de imóveis preferem áreas nobres (39,71%) ou periféricas (38,24%). Já a região central da cidade, aparece como preferência de 22,06% na hora da compra.

Esse movimento de "êxodo" do Centro acontece em razão da fuga das pessoas do trânsito e do tumulto, segundo o corretor de imóveis Salvione. "A ilha central de Rio Preto está muito tumultuada e com problemas sérios de estacionamentos. É o mesmo que aconteceu com as salas comerciais, que fugiram do Centro por causa do trânsito. Os novos investimentos acompanham o padrão europeu, que é sair do Centro e fazer com que o público comece a visitar os bairros planejados, que agora vêm com centros de lazer, grandes estacionamentos, acoplados a shoppings e galerias de loja", explica.

Com essa fuga do Centro, foi unanimidade entre os três corretores entrevistados pelo Diário que a área que tem recebido maior valorização na cidade é a zona Sul, por conta dos atrativos da localidade. "Nos próximos anos, teremos muitos lançamentos ao redor do shopping Iguatemi e toda aquela região, que se estende até avenida Bady Bassitt. A área tem se valorizado também por conta da duplicação da rodovia, fácil acesso e pelas escolas bilíngues, além de toda uma infraestrutura que já consagra essa região", relata Salvione.

Entre os condomínios de casas citados como os mais bem avaliados, estão os Eco Villages I e II, Bourganville, Flaboyant, Débora Cristina e Green Palm, mas o lugar mais valorizado tem sido o Complexo Quinta do Golfe. "Todo o complexo do Quinta do Golfe é os mais valorizado e procurado em Rio Preto, tanto em termos de metro quadrado quanto localização, quando se fala em imóveis de alto padrão. Hoje o metro de uma casa pronta nesses espaços vale no mínimo R$ 10 mil até R$ 13 mil, e a cada dia se valoriza mais", acrescenta o empresário do mercado imobiliário Guilherme Neilly.

A zona Leste é outra opção para quem deseja investir em um imóvel de alto padrão. Na parte nova da Represa Municipal e na região dos complexos Damha e Gaivotas o metro quadrado custa até R$ 10 mil, e deve valorizar ainda mais em um futuro próximo, explica Fábio Renato Honorato de Oliveira. "No mês de agosto deste ano, aconteceu um grande lançamento na zona Leste de um condomínio de mais de 700 lotes, que foi um enorme sucesso de vendas. Essa urbanizadora ainda lançará na zona Leste mais 3 condomínios, consolidando outro complexo de condomínios de alto padrão e impulsionará ainda mais essa região, potencializando os preços dos condomínios e áreas que lá se encontram", diz o proprietário da Imobiliária RR Broker.

(Colaborou Júlia de Britto)

Guilherme Neilly, empresário do mercado imobiliário em Rio Preto (Guilherme Baffi/Arquivo)

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por