SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | DOMINGO, 16 DE JANEIRO DE 2022
PROTEÇÃO

Vacinação em crianças deve começar na próxima segunda-feira

Em Rio Preto, são cerca de 37 mil crianças entre 5 e 11 anos

Da Redação
Publicado em 13/01/2022 às 22:02Atualizado em 14/01/2022 às 08:32
Lote de vacinas das Pfizer para crianças chegou ao Brasil nesta quinta (Divulgação/Myke Sena/Ministério da Saúde)

Lote de vacinas das Pfizer para crianças chegou ao Brasil nesta quinta (Divulgação/Myke Sena/Ministério da Saúde)

O primeiro lote de vacinas da Pfizer contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos chegou ao Brasil por volta das 4h45 desta quinta-feira, dia 13. A remessa com 1,2 milhão de doses desembarcou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP) e será distribuída aos Estados. A previsão é que a imunização comece na segunda-feira, 17.

“Estamos esperando as orientações técnicas. Acho que eles têm interesse de começar o quanto antes. Já recebemos diversas vezes vacinas no fim de semana”, informou Michela Dias Barcelos, gerente do Departamento de Imunização de Rio Preto.

As doses foram encaminhadas para o Centro de Distribuição do Ministério da Saúde em Guarulhos, na Grande São Paulo, para passarem por um processo de controle de qualidade e temperatura. A distribuição aos estados e Distrito Federal começaria ainda na quinta-feira.

As doses fazem parte da primeira remessa de três que serão recebidas pelo País. A previsão é que o Brasil receba em janeiro um total de 4,3 milhões de doses da vacina. Durante o primeiro trimestre, está prevista a chegada de quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças. Em fevereiro, a previsão é que sejam entregues mais 7,2 milhões, e em março, 8,4 milhões.

Em Rio Preto, são cerca de 37 mil crianças na faixa entre 5 e 11 anos. Em toda a região, são 120 mil crianças nessa faixa. O início da imunização ser com crianças com comorbidades e deficiências permanentes. A imunização ainda requer o termo de autorização dos responsáveis ou a presença deles no momento da vacinação. O esquema vacinal será de duas doses, com intervalo de oito semanas entre as aplicações.

“As vacinas da Covid foram desenvolvidas em tempo recorde. Isso é fruto do esforço da ciência dos pesquisadores e da indústria farmacêutica”, falou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, no Centro de Distribuição do Ministério da Saúde em Guarulhos. “Assistimos nos últimos seis meses a uma queda significativa de óbitos, fruto da campanha de vacinação.”

Ele ainda reconheceu que, nos Estados Unidos, onde mais de 8 milhões de crianças receberam doses pediátricas da Pfizer, não houve relato de efeito adverso grave. “Em todas as campanhas de vacinação em massa, há eventos adversos relacionados à vacina. E nós vamos ficar observando esses eventos adversos, juntamente a própria Anvisa e a própria indústria farmacêutica para fazer as possíveis correções de rumo”, disse.

Cadastro

O governo de São Paulo abriu na quarta-feira, 12, o pré-cadastro para vacinação contra coronavírus de crianças de 5 a 11 anos. Para cadastrar os filhos, os pais ou responsáveis devem acessar o link (https://www.vacinaja.sp.gov.br/), clicar no botão "Crianças até 11 anos" e preencher o formulário online. (Com Agência Estado e Marco Antonio dos Santos)

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por