SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 04 DE DEZEMBRO DE 2021
PREMIAÇÃO

Hospital da Criança de Rio Preto ganha selo internacional de qualidade

Desde 2002, foram realizadas 5.362 cirurgias cardíacas infantis

Rodrigo Lima
Publicado em 04/11/2021 às 21:24Atualizado em 05/11/2021 às 08:13
Equipe do HCM durante cirurgia cardíaca infantil: desde 2018, são mais de 400 procedimentos  por ano (Divulgação/HCM)

Equipe do HCM durante cirurgia cardíaca infantil: desde 2018, são mais de 400 procedimentos por ano (Divulgação/HCM)

O Centro do Coração da Criança (CardioPedBrasil) do Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de Rio Preto foi escolhido para receber o Certificado de Centro de Excelência da Children’s HeartLink, organização não-governamental (ONG) que atua no desenvolvimento e intercâmbio de instituições médicas especializadas no tratamento de cardiopatias congênitas. O HCM receberá a certificação durante evento virtual da Children’s HeartLink International Brazil no sábado, 6, às 12 horas, que contará com a participação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. O evento é gratuito e terá tradução simultânea.

A certificação ocorre quando o Centro do Coração do HCM, que possui três cirurgiões cardíacos, completa 20 anos na condição de uma das principais instituições desta área no Brasil. Desde 2002, foram realizadas 5.362 cirurgias e 12 transplantes cardíacos em crianças. Neste ano, já foram realizadas 396 cirurgias. Até 2013, a unidade infantil ainda funcionava dentro do Hospital de Base e no mesmo ano houve a inauguração do prédio próprio do HCM.

Desde 2018, o HCM tem realizado mais de 400 cirurgias pediátricas por ano. Atualmente, 30% dos procedimentos são em crianças de outros Estados brasileiros, inclusive da região Norte do país, de municípios situados a mais de 2,5 mil quilômetros de Rio Preto.

De acordo com a assessoria do HCM, a mortalidade de pacientes com casos leves e moderados é de cerca de 2% e de cardiopatias mais complexas dos recém-nascidos fica abaixo de 10%. Os percentuais estão entre os itens usados para qualificar o hospital rio-pretense como centro de excelência da Children’s HeartLink.

De acordo com a assessoria de imprensa, o HCM será a primeira instituição da América Latina e a quarta do mundo a receber o certificado. O cirurgião cardiovascular pediátrico Ulisses Alexandre Croti, coordenador geral da CardioPedBrasil, afirma que o evento é o reconhecimento do trabalho de 20 anos. “Somos extremamente gratos pela parceria educacional com a Children’s HeartLink, que promove a melhoria de qualidade em nosso serviço e em países em desenvolvimento de todo o mundo. Temos o compromisso de formar novos centros e profissionais e continuar melhorando e oferecendo cuidados de excelência aos nossos pacientes portadores de cardiopatias congênitas em todo o Brasil”, afirmou Croti.

Em 2008, o HCM passou a fazer parte da rede de hospitais e clínicas interligados pela Children’s HeartLink e que conta com alguns dos principais centros médicos do mundo, em particular dos Estados Unidos, como a Mayo Clinic, o Boston Children’s Hospital e o Children’s Hospitals and Clinics of Minnesota. Os representantes dos hospitais mantêm contato constante com a equipe do HCM em Rio Preto.

“Em 2020 foram realizadas 423 cirurgias e a expectativa para esse ano é de 500. Esperamos abrir em um futuro próximo o Hospital do Coração da Criança, no qual a meta dobraria para um mil crianças operadas ao ano. Fazemos todos os tipos de cirurgia cardiovascular pediátrica, incluindo transplantes cardíacos pediátricos”, afirmou a assessoria do HCM em nota. “Infelizmente, muitas crianças chegam para operar em nosso serviço tardiamente dificultando o pós-operatório. Por isso a importância do diagnóstico precoce, preferencialmente ainda na gestação por meio do ecocardiograma fetal”.

Família são acompanhadas

As famílias de pacientes do Centro do Coração da Criança (CardioPedBrasil) do Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de Rio Preto têm à disposição acompanhamento psicológico durante a internação e também ambulatorialmente, conforme necessário, por uma psicóloga específica da equipe.

“O HCM está qualificado para realizar todos os procedimentos cardíacos pediátricos possíveis. Por isso, a importância de receber essa certificação. É considerado um reconhecimento como centro de excelência em qualidade nacional e internacionalmente para tratamento das crianças portadoras de cardiopatias congênitas no Brasil,” afirma a assessoria do hospital.

A recuperação de todas as crianças operadas do coração acontece na Unidade de Terapia Intensiva Cardiopediátrica, exclusiva para pacientes cardíacos pediátricos, com 23 leitos e equipamentos de alta tecnologia e equipe especializada e capacitada, e depois os pacientes se recuperam na enfermaria cardiopediátrica com 14 leitos exclusivos. “Em 2022 teremos uma ampliação para 30 leitos de UTI”, consta em nota da assessoria do HCM. (RL)

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por