SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SEGUNDA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2022
IMPLACÁVEIS

Com lombadas eletrônicas, multas por excesso de velocidade aumentam 72% em Rio Preto

Em outubro, com o início do funcionamento de lombadas eletrônicas, número de autuações por excesso de velocidade em Rio Preto subiu 72%. Foram 9.009 multas contra 5.236 em setembro. Sozinhos, quatro novos equipamentos flagraram 3.381 motoristas acima do limite permitido

Rodrigo Lima
Publicado em 01/12/2021 às 20:33Atualizado em 02/12/2021 às 08:19
Carro passa a 45 km/h pela lombada eletrônica da rua Saldanha Marinho, cujo limite é de 40 km/h: em outubro, equipamento flagrou 2.126 motoristas acima da velocidade (Guilherme Baffi 1/12/2021)

Carro passa a 45 km/h pela lombada eletrônica da rua Saldanha Marinho, cujo limite é de 40 km/h: em outubro, equipamento flagrou 2.126 motoristas acima da velocidade (Guilherme Baffi 1/12/2021)

A instalação de lombadas eletrônicas já provoca um crescimento de 72% no total de multas por excesso de velocidade em Rio Preto. Em setembro, ainda sem os novos equipamentos, a cidade registrou 5.236 autuações contra os motoristas apressadinhos. Em outubro, foram 9.009, sendo que 37% dos flagrantes foram feitos pelos novos aparelhos, que limitam a velocidade a 40 km/h em avenidas e ruas da cidade.

Outubro foi o mês com mais multas por excesso de velocidade desde novembro de 2019. O município registrou também em outubro o período com mais autuações no trânsito dos últimos 30 meses, conforme demonstram dados divulgados pelo Secretaria de Trânsito. Foram 18.446 infrações anotadas em outubro – o que representa um aumento de 17% em comparação a setembro.

Esse crescimento tem relação com a instalação das lombadas eletrônicas. São oito equipamentos no total, mas apenas quatro começaram a funcionar em outubro. As lombadas eletrônicas já em funcionamento fizeram 3.381 autuações.

O equipamento da avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira foi o que menos multou: 294 autuações, seguido pelos aparelhos das avenidas Danilo Galeazzi (409) e B enedito Sufredini (552).

De acordo com os dados, a lombada eletrônica que mais flagrou os motoristas apressadinhos foi a instalada na rua Saldanha Marinho, sentido Centro-bairro. Em 31 dias, o equipamento registrou 2.126 flagrantes de excesso de velocidade – uma média de 68 por dia. Nesta quarta-feira, 1º, de dezembro a reportagem do Diário esteve no local e flagrou motorista que passou acima do limite de velocidade de 40 Km/h.

Outras quatro lombadas eletrônicas iniciaram a fiscalização neste mês. Elas estão instaladas nas avenidas Francisco das Chagas de Oliveira, Mirassolândia, dos Estudantes e José da Silva Sé. Atualmente, com as lombadas e os radares fixos, Rio Preto tem 37 equipamentos de fiscalização de velocidade.

O secretário de Trânsito, Amaury Hernandes, foi procurado nesta quarta-feira, 1º, para comentar o assunto, mas ele não atendeu as ligações em seu telefone celular.

Conscientização

A presidente da Comissão de Direito de Trânsito da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Rio Preto, Vanessa Lucchese, afirmou que as lombadas eletrônicas foram instalada s com base em estudo e avaliação da pasta do Trânsito no município. Ela afirma que o aumento no número de multas escancara a falta de respeito de motoristas em relação à legislação em vigor.

“Falta respeito e conscientização. Só assim nós vamos conseguir reduzir a quantidade de acidentes no município. Os motoristas precisam respeitar os limites de velocidade das vias”, afirmou a presidente da comissão da OAB.

O professor aposentado do Departamento de Transportes e Trânsito da USP, José Bernardes Felex, afirmou que a circulação natural dos veículos é entre 50 km/h e 60 km/h. “Discuto se essas lombadas eletrônicas estão nos locais corretos. É preciso? Há redução de acidentes? Geralmente, não”, afirmou Felex.

Infrações

Multas em 2021

  • Janeiro: 11.633
  • Fevereiro: 11.572
  • Março: 10.494
  • Abril: 9.485
  • Maio: 11.977
  • Junho: 10.514
  • Julho: 12.524
  • Agosto: 13.142
  • Setembro: 15.684
  • Outubro: 18.446

Multas por excesso de velocidade

  • Crescimento de 72%

Setembro: 5.236

  • Até 20% acima: 4.731
  • De 20% a 50% acima: 485
  • Acima de 50% do limite: 20

Outubro: 9.009

  • Até 20% acima: 7.714
  • De 20% a 50% acima: 1.160
  • Acima de 50% do limite: 135

Autuações por lombadas eletrônicas em outubro

  • Avenida Juscelino Kubitschek, 1.080, Centro-bairro: 294
  • Avenida Danilo Galeazzi, 1.658, bairro-Centro: 409
  • Avenida Benedito Sufredini, 520: 552
  • Rua Saldanha Marinho, 2.449, Centro-bairro: 2.126

 Outras lombadas iniciaram a fiscalização em novembro, são elas:

  • Avenida Francisco das Chagas de Oliveira, 1.333
  • Avenida Mirassolândia, 1.735, bairro-Centro
  • Avenida dos Estudantes, 3.505, bairro-Centro
  • Avenida José da Silva Sé, 205

Radar campeão

Radar da avenida da Saudade

  • Instalado em julho de 2017
  • Há cinco anos é o radar que mais multa em Rio Preto
  • Velocidade máxima é de 40 km/h
  • 81.479 autuações foram registradas pelo radar desde a instalação

 Multas por ano

2017: 21.354 (instalado em julho)

2018: 24.307

2019: 15.268

2020: 13.822

2021: 6.728 (até 31 de outubro)

 Fonte: Secretaria Municipal de Trânsito

Radar na avenida da Saudade é ‘penta’

Desde a instalação, em julho de 2017, radar da avenida da Saudade é o que mais flagra excesso de velocidade em Rio Preto

Nos últimos cinco anos, o radar campeão de multas em Rio Preto foi o que está instalado na avenida da Saudade. Desde julho de 2017, quando o equipamento foi instalado, foram registradas 81.479 infrações de motoristas que passaram no local acima dos 40 km/h permitidos. O equipamento lidera as estatísticas de multas em todos os anos após a instalação, inclusive nesse, com 6.728 autuações.

De acordo com levantamento feito pelo Diário, o segundo colocado na lista foi o equipamento instalado na avenida Brigadeiro Faria Lima, sentido bairro-Centro. Em cinco anos, esse radar registrou 35.906 autuações por excesso de velocidade.

O Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) do Estado de São Paulo (Ipem), órgão vinculado ao governo do Estado realiza inspeções para verificar se os equipamentos estão registrando a velocidade corretamente dos veículos.

Em nota, a Secretaria de Trânsito atribuiu o alto número de multas na avenida da Saudade ao descuido dos motoristas. “O local está devidamente sinalizado, e o radar está instalado no mesmo local há vários anos, portanto não existe a desculpa do desconhecimento, e sim distração na direção ou uso de celular, que ocasiona a infração”, consta na nota. Para a pasta, a quantidade de multas registradas pelo radar ocorre pelo fato de o motorista “dirigir sem a atenção necessária”. (RL)

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por