SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 26 DE OUTUBRO DE 2021
PADROEIRA

Cerimônia nesta terça-feira eleva igreja de Olímpia a santuário

Em Rio Preto, Basílica terá oito missas ao longo desta terça

Marco Antonio dos Santos
Publicado em 11/10/2021 às 20:32Atualizado em 12/10/2021 às 07:59
Frei Lucas Lisi Rodrigues em frente à igreja de Nossa Senhora Aparecida, em Olímpia (Divulgação)

Frei Lucas Lisi Rodrigues em frente à igreja de Nossa Senhora Aparecida, em Olímpia (Divulgação)

A igreja de Nossa Senhora Aparecida, de Olímpia, será elevada a Santuário da padroeira do Brasil, em cerimônia eucarística nesta terça-feira, dia 12. A oficialização foi feita pelo bispo diocesano de Barretos, dom Milton Kenan Junior, que irá celebrar às 18h a missa solene.

O novo santuário teve sua construção concluída na década de 50. Sua edificação está em cima do antigo cemitério municipal de Olímpia. Por muitos anos, virou ponto de peregrinação dos devotos da padroeira, diz o pároco da igreja, frei Lucas Lisi Rodrigues. O local atrai também turistas pela estrutura em formato de cruz, altar todo em mármore e pinturas nas paredes internas, feitas pelo artista olimpiense Dakinho.

Para receber o titulo de santuário, a equipe paroquial precisou reunir documentação para provar que o local é destino de romeiros de várias regiões do País. Após conclusão do processo, o bispo dom Milton chegou à decisão de que a igreja reúne as condições para receber este título.

“O processo de tornar a igreja em santuário começou há mais de 60 anos, quando os frades vieram de Nápoles (Itália) para assumir a paróquia aqui em Olímpia. Havia um desejo do povo que fosse criado um santuário para Aparecida. De lá para cá trabalhamos muito para que isso fosse oficializado. O bispo reconheceu que temos a maturidade necessária para assumir essa missão”, explica o religioso.

Antes de assinar o decreto diocesano, o bispo submeteu o processo à análise do conselho dos presbíteros, composto por padres da diocese. “Nós, a partir deste dia 12, não vamos acolher só os nossos leigos, mas também os devotos de todas as cidades que virão até Olímpia para pagar suas promessas, acender sua vela, fazer seu pedido e visitar a nossa sala das promessas”, diz o religioso.

Desde a meia-noite deste dia 12 estão sendo celebradas missas a cada duas horas. As celebrações vão até as 19h30. Além das missas, estão previstos três eventos com grande expectativa de participação de fiéis. O primeiro será às 6h, o 2º Pedal da Fé, um passeio ciclístico de 25 quilômetros por Olímpia, com estimativa de reunir 300 ciclistas. Duas horas depois, às 8h, vai ter a cavalgada de aproximadamente 100 pessoas a cavalo e os eventos de mobilização popular serão encerrados com uma carreata marcada para começar às 12h.

Programação da Basílica

O Dia de Nossa Senhora Aparecida será celebrado em oito missas ao longo deste terça-feira, 12, na Basília Menor de Nossa Senhora Aparecida, no bairro Boa Vista, em Rio Preto.

O arcebispo dom Moacir Silva, administrador da diocese de Rio Preto, vai celebrar às 8h. A ultima celebração será às 18h, para logo em seguida ocorrer a carreata dos devotos de Nossa Senhora Aparecida, que pelo segundo ano consecutivo vai substituir a procissão, ainda vetada devido à pandemia do coronavírus.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por