SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 21 DE MAIO DE 2022
FOLIA EM XEQUE

Ao menos 22 cidades da região de Rio Preto já cancelaram o Carnaval de 2022

Prefeitura de Ibirá confirmou nesta terça-feira adiamento da tradicional festa

Rone Carvalho
Publicado em 23/11/2021 às 20:11Atualizado em 24/11/2021 às 08:45
Carnaval de Potirendaba antes da pandemia: cidade foi uma das primeiras a cancelar a festa (Divulgação)

Carnaval de Potirendaba antes da pandemia: cidade foi uma das primeiras a cancelar a festa (Divulgação)

Ao menos 22 cidades da região de Rio Preto decidiram por cancelar o Carnaval 2022 por conta da pandemia do coronavírus. Nesta terça-feira, dia 23, prefeitos de 17 cidades da região de Catanduva assinaram carta cancelando os eventos de rua do ano que vem. Ibirá, que já vinha divulgando atrações e esperava grande público, anunciou o adiamento nesta terça.

Após reunião, prefeitos e prefeitas de Catanduva, Santa Adélia, Pindorama, Palmares Paulista, Catiguá, Ariranha, Novo Horizonte, Novais, Tabapuã, Elisiário, Paraíso, Urupês, Marapoama, Irapuã, Sales, Fernando Prestes e Vista Alegre do Alto assinaram documento pela não realização da festa. Elas se juntam a Potirendaba, Jales, Fernandópolis e Uchoa, que também não vão realizar as festas.

Segundo o prefeito de Catanduva, padre Osvaldo de Oliveira Rosa, a medida foi adotada pelo receio de uma nova onda de contaminações pela Covid-19. “Foi de comum acordo. Todos acharam por bem cancelar. Primeiro, porque a situação da pandemia ainda não está regularizada, segundo pelo respeito às pessoas que perderam os entes queridos, e terceiro que o atual momento não possibilita que os municípios injetem recursos em um evento desse porte”, disse.

O prefeito disse que o documento não vai proibir que clubes realizem festas carnavalescas, desde que respeitem os protocolos sanitários previstos no decreto estadual, como exigir comprovante da vacina.

Em Ibirá, a decisão inclui o adiamento das festividades do centenário de emancipação do município, marcadas para acontecer em 11 de dezembro.

Por meio de nota, a prefeitura disse que considerou viável e até necessária a realização da festa pensando em movimentar a economia e gerar recursos para o município. “No entanto, verificamos que nos últimos dias inúmeros municípios da região e do Estado comunicaram o cancelamento do carnaval. Tal fato causaria um desequilíbrio na distribuição do público”, disse a nota.

Para a prefeitura, com eventos carnavalescos cancelados em outras cidades, Ibirá poderia receber uma elevada quantidade de turistas. “Poderia causar um aumento significativo de acidentes, atendimentos médicos e disseminação da Covid-19, entre turistas e munícipes, de forma que, por cautela, tal decisão se faz necessária neste momento”.

A nota encerra dizendo que visando a retomada da economia e do turismo de Ibirá, as festividades ocorrerão em momento oportuno nos anos subsequentes. Ao Diário, a comissão organizadora do carnaval de Ibirá informou que soltará uma nota nos próximos dias sobre o trâmite para quem comprou ingressos.

Na cidade, a prefeitura é responsável por alugar o espaço público da cidade para a organização. Atrações como Os Barões da Pisadinha, Bonde do Tigrão e João Bosco e Vinícius já estavam confirmados na festa, prevista para acontecer entre 25 de fevereiro a 1° de março de 2022.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por