SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2022
COVID-19

Por decreto, prefeito de Catanduva limita eventos a 70% da capacidade de público

Medida, segundo a Prefeitura de Catanduva, tem o objetivo de frear o avanço da Covid-19 e também do vírus da Influenza

Núcleo Digital
Publicado em 13/01/2022 às 19:27Atualizado em 13/01/2022 às 19:29
Padre Osvaldo, prefeito de Catanduva (Reprodução/Facebook)

Padre Osvaldo, prefeito de Catanduva (Reprodução/Facebook)

O prefeito de Catanduva, Padre Osvaldo de Oliveira Rosa, publicou nesta quinta-feira, 13, decreto em que limita a 70% da capacidade de público eventos que gerem aglomeração, como festas e shows. A medida, segundo a Prefeitura, visa frear o avanço dos vírus da Influenza e da Covid-19 e acompanha recomendação do governo do Estado para o atual momento.

"A fiscalização em estabelecimentos em geral será intensificada, visando verificar o cumprimento de medidas preventivas, além de reforçar sobre a importância do uso de máscaras, distanciamento e higienização das mãos", afirmou a Prefeitura.

Segundo a administração, o cenário epidemiológico vem sendo monitorado pela Secretaria Municipal de Saúde. “Diariamente estamos conversando e as ações serão tomadas com responsabilidade. Precisamos da colaboração de todos nesse momento de alerta e preocupação”, diz Padre Osvaldo.

Região

Em Rio Preto, a Prefeitura decidiu seguir o posicionamento do governo do Estado de São Paulo e reforçou a recomendação para que as pessoas evitem aglomerações em eventos, diante do avanço de casos de Covid-19, mas não baixou nenhum novo decreto.

Já em Cedral, o prefeito Paulo Ricardo Beolchi de Lucas, o Janjão (Cidadania), assinou, na terça-feira, 11, decreto que proíbe festas com aglomeração no município por 35 dias. O documento também proíbe a locação de chácaras no mesmo período.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por