SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 16 DE OUTUBRO DE 2021
MAUS-TRATOS

Homens são multados em R$ 300 mil por promover briga de galo em Nova Aliança

Polícia Ambiental encontrou 25 aves feridas em decorrência da prática criminosa

Marco Antonio dos Santos
Publicado em 20/09/2021 às 16:56Atualizado em 20/09/2021 às 16:56
Polícia Ambiental descobriu rinha de galo em propriedade rural de Nova Aliança (Divulgação/Polícia Ambiental)

Polícia Ambiental descobriu rinha de galo em propriedade rural de Nova Aliança (Divulgação/Polícia Ambiental)

A Polícia Militar Ambiental multou em R$ 300 mil dois homens suspeitos de organizar uma rinha de galo, no domingo, 19, em Nova Aliança. Foram encontradas 25 aves feridas em decorrência dos embates, que tinham iniciado no periodo da manhã.

Logo que a equipe da Polícia Ambiental chegou à propriedade rural onde acontecia a rinha, os participantes começaram a fugir em seus carros. Mesmo assim, os organizadores foram detidos.

Foram apreendidos 135 esporas de nylon, 18 biqueiras, sendo 13 de metal, que eram colocadas nos galos durantes as brigas para provocar mais ferimentos. Também foram apreendidas cinco seringas, 15 frascos de produtos veterinários e dois rádios possivelmente utilizados por olheiros.

Os policiais registraram oito veículos que foram abandonados pelos participantes do evento. Como as placas foram identificadas, eles podem ser chamados para responder pelo crime ambiental. De acordo com os organizadores, a rinha teve início por volta das 9h da manhã, encerrando-se por volta das 15h.

Os organizadores sofreram duas autuações ambientais que totalizam o valor de R$ 150 mil para cada um. Eles vão responder ao crime em liberdade. Os galos foram apreendidos de forma administrativa.

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por