SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUINTA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2022
INVESTIGAÇÃO

Funerária é acusada de irregularidades em Olímpia

Imagens obtidas pelo Diário mostram corpos sendo colocados no chão e lavados no local

Rodrigo Lima
Publicado em 25/01/2022 às 13:42Atualizado em 25/01/2022 às 14:21
Funerária é acusada de irregularidades em Olímpia (Reprodução)

Funerária é acusada de irregularidades em Olímpia (Reprodução)

O Ministério Público recebeu denúncia de supostas irregularidades no serviço funerário de Olímpia nesta segunda-feira, 24. Representação da deputada estadual Adriana Borgo (Pros) aponta possíveis crimes ocorridos na Funerária Organização de Luto, que nega as acusações. 

De acordo com a representação de Adriana, constam irregularidades no manuseio de corpos. A parlamentar recebeu vídeos e fotos de corpos que seriam colocados no chão e lavados no local. O "sangue dos corpos" seria lançado na rede de esgoto. "Encaminhou vídeos com procedimentos de tanatopraxia realizados no local e cópia de documentos", consta na representação. 

Entre as denúncias consta a ausência de caixa específica abaixo da mesa de preparação dos corpos (tanatopraxia). "Com isso, os resíduos e sangue dos corpos também vão para o esgoto", consta na representação. 

Outra falha mencionada pela deputada é que corpos são lavados no chão com água escorrendo para a rede de esgoto. "O denunciante também enviou diversas fotografias retiradas no local, as quais encaminhamos nesta oportunidade para Vossa Excelência para conhecimento e providências cabíveis", consta na representação de Adriana. 

Em uma das imagens obtidas pelo Diário, um corpo está no chão sem roupas e ao lado está uma vasilha com comida para cachorro. O Ministério Público deve avaliar ainda nesta terça a abertura de inquérito civil para apurar ou não o caso. 

Para a deputada do Pros, as acusações são "gravíssimas". "Estando em desacordo com os princípios da Constituição Federal, inclusive, no que diz respeito ao princípios que regem a administração pública, a legislação afeta, englobando o Código de Defesa do Consumidor, requerendo, a instauração do procedimento apuratório de estilo", consta em outro trecho da representação. 

Em nota, a Prefeitura de Olímpia afirmou que diante da denúncia sobre supostas irregularidades nos serviços funerários prestados por uma empresa da cidade, determinou a instauração de uma auditoria da Vigilância Sanitária. O objetivo é apurar a veracidade dos fatos e ainda notificará a empresa sobre a abertura de um processo administrativo, uma vez que a mesma possui concessão do serviço 
com o município desde 2008.

A assessoria do Executivo informou que nesta segunda-feira, representantes da Vigilância Sanitária foram até o local e constataram que as fotos realmente foram tiradas na funerária. "A administração reforça que a estrutura do local passa por inspeção regular e que a documentação está de acordo com as normas e a legislação específica, mas que, diante do ocorrido, o caso será apurado. A averiguação contará ainda com o apoio técnico da secretaria de Meio Ambiente e da Daemo para analisar questões ambientais ligadas à denúncia, bem como todo o respaldo do setor jurídico. Além disso, a administração irá oficiar o Ministério Público e a autoridade policial para apurar eventuais irregularidades, tomando, assim, todas as providências cabíveis para esclarecimento dos fatos", afirma trecho da nota.

Outro lado 

A empresa Bonini e Daud, Organização Social de Luto, emitiu nota no seu perfil no facebook em que manifestou "repúdio veemente a esta publicação de texto e fotos grosseiramente produzidos e publicados em redes sociais neste final de semana". "Somos uma Empresa familiar com mais de 80 anos de atividade que sempre prezou pela honestidade de seus atos e o papel social que exerce junto  à comunidade de Olímpia e região. Desde 2008 trabalhamos sob regime de concessão pública, resultado de uma licitação pública que resultou neste contrato de concessão vigente", consta na nota.

A empresa afirma que tenta responsabilizar civil e criminalmente o autor da denúncia. "Queremos agradecer publicamente as inúmeras manifestações de apoio e apreço que temos recebido desde então, de pessoas que conhecem a nossa história de honestidade e respeito ao próximo, qualidades que muito prezamos no nosso trabalho de tantos anos", afirma a nota. 

O Diário tentou falar com um representante da empresa, mas ele estaria em viagem nesta terça-feira, 25.

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por