SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | SÁBADO, 21 DE MAIO DE 2022
COM MEDO DE MORRER

Foragido do CPP de Rio Preto procura a polícia em Minas Gerais e pede para ser preso

Homem de 40 anos alegou que estava com medo de ser morto por uma quadrilha, devido a uma dívida de drogas

Núcleo Digital
Publicado em 19/01/2022 às 16:05Atualizado em 19/01/2022 às 18:17

Um homem de 40 anos procurou a Polícia Militar de São Francisco de Sales (MG) pedindo para ser preso porque estaria devendo drogas para traficantes que atuam no município de Riolândia. O homem, que é foragido do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Rio Preto, foi apresentado na delegacia de São Francisco na última segunda-feira, 17. 

Segundo o delegado Caio Viana, da Polícia Civil de Minas Gerais, o detento teve um surto psicótico quando soube que criminosos estariam à sua procura na cidade mineira. Ele foi transferido para o município de Itapagipe (MG) e deve ser entregue ao sistema prisional paulista nos próximos dias.

O pedido inusitado surpreendeu até os policiais civis de Riolândia, que agora devem trocar informações com a Polícia Civil de Minas para chegar aos integrantes da quadrilha.

“Foi cumprido o mandado de prisão, segundo o boletim de ocorrência, ele tinha informações que os traficantes estavam rondando atrás dele em um veículo, visualizou a situação e, com medo de ser morto, disse que tinha esse mandado de prisão. Ele foi levado ao presídio de Itapagipe (MG). Acredito que já deve ter sido feita essa transferência”, disse o delegado Caio Vinha.

O preso não chegou a ser interrogado, ainda conforme o delegado, porque não estava cometendo crime algum, sendo formalizado apenas o procedimento de captura de procurado. “Entramos em contato com a polícia do Estado de São Paulo e de fato constatamos que ele estava foragido. Como é um procedimento já finalizado e já estava preso, a gente só deu o cumprimento mesmo”. 

A reportagem do Diário conversou com o delegado de Riolândia, Thiago Pereira, que está aguardando um ofício do delegado Caio para dar início nas investigações sobre a quadrilha.

(Colaborou: Guilherme Ramos)

 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por