SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | TERÇA-FEIRA, 09 DE AGOSTO DE 2022
NO SÁBADO

Diretoria do Bem-Estar Animal realiza feira de adoção de cães e gatos em Rio Preto

Feira será realizada neste sábado, 6, no Pet Park, das 9h às 13h, em Rio Preto; veja mais informações

Núcleo Digital
Publicado em 04/08/2022 às 15:36Atualizado em 04/08/2022 às 17:21
Feira acontece neste sábado, 6, em Rio Preto (Divulgação/Prefeitura de Rio Preto)

Feira acontece neste sábado, 6, em Rio Preto (Divulgação/Prefeitura de Rio Preto)

Para quem pensa em adotar um cachorro ou um gato, ou os dois, a Diretoria do Bem-Estar Animal (Dibea) de Rio Preto realiza neste sábado, 6, feira de adoção no Pet Park, das 9h às 13h. Ao adotar um animal, interessados devem ter em mãos documento com foto e comprovante de residência. Os cães e gatos já estão vacinados, castrados (com exceção de filhotes) e microchipados.

Além das feiras que estão sendo realizadas, os animais também pode ser adotados diretamente com a Diretoria, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Em 2021, foram adotados 167 animais, enquanto em 2022, foram encaminhados 83 cães e gatos a novos lares. Somente na última feira, realizada em 9 de julho, foram adotados 5 cães adultos e 17 filhotes.

"Durante o processo de adoção, reforçamos a necessidade de os novos tutores de filhotes castrarem os animais quando atingirem a idade recomendada. A castração é oferecida pela Diretoria, gratuitamente", afirma o médico veterinário do serviço, Carlos Alexandre Guimarães de Souza.

A Diretoria ressalta que, antes de adotar um animal, a pessoa deve levar em conta que eles exigem diversos cuidados.

Para garantir a posse responsável, é preciso considerar:

  • As características do animal, ou seja, se o porte é adequado para o espaço físico em que vai viver.
  • As características comportamentais, ou seja, se o adotante está em busca de um animal ativo ou calmo, por exemplo. Essa informação é importante para adequar o comportamento do animal às rotinas dos adotantes.
  • Custos de vacinação e tratamentos de saúde em caso de enfermidades.
  • Custo mensal com alimentação de boa qualidade, além de banhos, produtos de higiene e medicamentos.
  • Tempo disponível para interagir com o animal e dar atenção.
  • Aceitação de todos os membros da família com a chegada de um animal na casa.
  • Tempo de vida do animal: tanto cães quanto gatos podem viver mais de 15 anos.
 
Grupo Diário da Região.© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por