SÃO JOSÉ DO RIO PRETO | QUARTA-FEIRA, 27 DE OUTUBRO DE 2021
INVESTIGAÇÃO

Adolescente de 15 anos é apreendido suspeito de matar Lucas do Valle

Lucas trabalhou em Rio Preto e morreu baleado durante um assalto na capital paulista

Núcleo Digital
Publicado em 23/09/2021 às 15:56Atualizado em 23/09/2021 às 16:23
Lucas do Valle morreu após ser baleado na cabeça durante um assalto em São Paulo (Reprodução/Facebook)

Lucas do Valle morreu após ser baleado na cabeça durante um assalto em São Paulo (Reprodução/Facebook)

Um adolescente de 15 anos foi apreendido na quarta-feira, 22, em São Paulo, suspeito de ser o autor do tiro que matou Lucas do Valle, de 29 anos, em um assalto no dia 15 de setembro, na zona sul da capital paulista. Lucas, que era neto do narrador esportivo Luciano do Valle, foi socorrido com vida, mas morreu no sábado, 18, data em que completaria 30 anos.

A ação do menor, que estava acompanhado de um comparsa, foi gravada por câmeras de segurança. O adolescente seria o que aparece atirando na cabeça da vítima. Além dele, um comparsa aparece pilotando uma moto na cena do crime. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) confirmou que, "após trabalho investigativo, outro suspeito foi preso temporariamente e a moto utilizada no crime apreendida".

O menor infrator detido nesta quarta estaria escondido na comunidade de Heliópolis até ser pego pelos agentes da Polícia Civil. "As equipes seguem trabalhando para localizar e prender um terceiro envolvido, razão pela qual, neste momento, mais detalhes serão preservados a fim de garantir a autonomia do trabalho policial", informou a SSP. O adolescente já esteve na Fundação Casa por roubo.

Lucas foi gerente comercial do SBT Interior, afiliada do SBT em Rio Preto. Recentemente, morava e trabalhava em São Paulo. Ele estava sozinho no momento em que foi abordado por criminosos, quando chegava para trabalhar, no bairro Ipiranga.

As imagens mostram uma moto com dois homens, pouco depois das 6h. Enquanto o piloto faz a campana, o garupa, que seria o adolescente de 15 anos, vai até o veículo da vítima estacionado na rua e anuncia o roubo. Depois, volta até a esquina, mas o comparsa o abandona. O menor, então, volta para o carro e foge com o veículo, que depois foi encontrado abandonado na favela de Heliópolis.

O adolescente deve ficar na Fundação Casa, cumprindo medida socioeducativa, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente.

(Colaborou Guilherme Ramos)

 
Copyright © - 2021 - Grupo Diário da Região.É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Desenvolvido por
Distribuido por